sexta-feira, 20 de julho de 2007

Consumo consciente é uma questão cultural

Agir 'verde' sai mais barato do que você imagina!

Um dos temas em maior destaque na mídia nos últimos tempos é a necessidade de mudar a relação com o meio ambiente para frear a chegada do fim do mundo. Essa afirmação pode parecer um tanto fatalista, mas é real. Parece que - finalmente! - está caindo a ficha de que alguma coisa precisa mudar no rumo do modelo econômico-produtivo vigente. Também, pudera: a humanidade está sentindo muito claramente os efeitos alarmantes da resposta do planeta às agressões acumuladas nos últimos séculos industriais. Ou você já tinha passado por um verão tão quente e tão duradouro como este de 2007 em Salvador? Se isso não é resultado do aquecimento global...

Cada pessoa tem um papel importante na transformação desta história, basta tomar uma atitude. Ainda há o mito de que procurar alternativas "ecologicamente corretas" dói no bolso, quando, na verdade, muitas vezes é somente uma questão de pensar antes de agir, de comprar, de descartar o lixo, de escolher uma embalagem, de mandar aquele documento para a fila de impressão... Pode dar até um pouquinho mais de trabalho, mas o resultado, ao contrário do que se imagina, é a economia (de dinheiro mesmo!) e um alento à Natureza. Racionalizar a utilização dos recursos materiais e energéticos não significa necessariamente passar por racionamentos radicais ou privações.

Este é o princípio que norteia o chamado CONSUMO CONSCIENTE. Algumas empresas já estão colocando em prática esta idéia, mas para que a coisa funcione, é preciso que as ações façam parte da rotina de todas as pessoas, também em suas casas e nos ambientes de lazer. Dando um exemplo de que isto está ao alcance de todo mundo, a UNIFACS - Universidade Salvador lançou o programa Engajamento Cidadão, envolvendo alunos, professores e demais funcionários em práticas solidárias, econômicas e de diminuição do impacto ambiental das atividades da instituição.

No site do programa, a universidade disponibiliza a Cartilha do Consumo Consciente, apresentando idéias simples para o dia-a-dia de qualquer cidadão, assim como práticas específicas da entidade, mas que podem ser adaptadas para diversos tipos de escritórios e outras empresas.

E o que o Vila tem a ver com isso? Estamos todos no mesmo barco, companheiro(a)! A continuidade da vida em nosso planeta depende tanto de nós, quanto de vocês, quanto do pessoal lá da UNIFACS. Então, está mais do que na hora pôr a mão na massa!

Baixe aqui a cartilha (250KB - PDF) e antecipe suas promessas de ano novo.
Amanhã já pode ser um lindo dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário