segunda-feira, 11 de julho de 2016

Premiado pela UNESCO, espetáculo "Da Ponta da Língua à Ponta do Pé" faz apresentações no Teatro Vila Velha

Dirigida pela coreógrafa Cristina Castro, a montagem já foi assistida por 80 mil crianças e jovens, fazendo uma introdução à história da dança a partir de uma narrativa de comédia romântica.   
Cena do espetáculo "Da Ponta da Língua...". Foto: Lucas Seixas  


O espetáculo "Da Ponta da Língua à Ponta do Pé" realiza duas únicas apresentações no Teatro Vila Velha nos dias 16 e 17 de julho, próximos sábado e domingo, às 16h. A montagem, voltada para crianças e adolescentes, é resultado de pesquisa coreográfica da diretora Cristina Castro para o Núcleo Viladança, grupo de produção em dança residente no Teatro Vila Velha. A ideia para a realização da montagem surgiu da intenção de trazer ao público jovem uma introdução ao conhecimento sobre a Dança enquanto arte e atividade profissional.

Desde a sua estreia, em 2004, a obra já foi vista por mais de 80 mil pessoas e já viajou por 31 cidades do interior da Bahia, além de estados como Pernambuco, Paraíba, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Amapá, Roraima e Distrito Federal. Em 12 anos de trajetória, a montagem foi responsável pela introdução ao universo das artes de milhares de programa através de um intenso trabalho de mediação cultural. O espetáculo foi chancelado pela IFPC/UNESCO – The International Fund for the Promotion of Culture e convidado a participar de eventos como o Festival SESC Palco Giratório, VIVADANÇA Festival Internacional, Festival de Teatro Brasileiro, Encontro Nacional de Dança Contemporânea, entre outros.

A história, com toques que comédia romântica, é contada a partir da saga de Zé, um garoto que faz de tudo para conquistar o amor da bailarina Isadora, numa aventura que o leva a desvendar e se apaixonar pelo mundo da Dança. Com a ajuda de uma professora, ele viaja desde a Pré-História até os palcos contemporâneos, passando pelas mudanças provocadas pelo trabalho de Isadora Duncan e pelo estabelecimento da Dança como profissão, com várias áreas de atuação. No espetáculo, os dançarinos valem-se de gírias, temas e dúvidas tipicamente adolescentes para buscar aproximar e divertir o público infanto-juvenil. 

Da Ponta da Língua à Ponta do Pé tem direção de Cristina Castro, que também trabalhou no texto, juntamente com João Sanches, a partir da pesquisa histórica de Lúcia Matos. A música e as canções, assinadas por Jarbas Bittencourt, mapeiam gêneros da MPB ao RAP, contribuindo fortemente para o ritmo ágil da encenação e arrematando as informações trazidas no texto. A peça conta ainda com figurino e adereços de Luiz Santana e cenário de Rodrigo Frota. O elenco é composto pelos bailarinos Sérgio Diaz, Jorge Oliveira, Bárbara Barbará, Janahina Cavalcante, Ridson Reis e Mariana Gottschalk.


Ficha Técnica

Direção Geral: Cristina Castro
Coreografia: Cristina Castro em colaboração com elenco original
Texto: Cristina Castro e João Sanches
Pesquisa histórica: Lúcia Matos
Coreografias: Núcleo Viladança
Elenco: Barbara Barbará, Janahina Cavalcante, Jorge Oliveira, Mariana Gottschalk, Ridson Reis 
Sérgio Diaz.
Músicas: Jarbas Bittencourt
Vozes dos bonecos: Camilo Fróes e Jarbas Bittencourt
Operação de luz: Marcos Dedé
Operação de som: Bergson Nunes
Figurino e adereços: Luiz Santana
Cenografia: Rodrigo Frota


Serviço
Da Ponta da Língua à Ponta do Pé16 e 17 de julho, sábado e domingo, 16h
Teatro Vila VelhaIngressos: R$20 (inteira) e 10 (meia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário