terça-feira, 19 de março de 2013

O SILÊNCIO DE AURISTELA




É MUITO DIFÍCIL FALAR QUANDO ALGUÉM COMO AURISTELA SILENCIOU
O SEU SILÊNCIO AGORA DÓI MAIS DO QUE TUDO
ELA SEMPRE FOI SOM SEMPRE FOI PALAVRA
SEMPRE FOI DISCURSO COMO ATRIZ
ATRIZ POSSESSA
PELA CRIAÇÃO
CADA PERSONAGEM ERA SEU CORPO MENTE VOZ CORAÇÃO ESTÔMAGO
INTEIROS
TODO FIBRA TODO HISTÓRIA
CADA PERSONAGEM UM DISCURSO DE MULHER DE NEGRA
HUMANO HUMANO HUMANO HUMANO COMO SÓ OS HUMANOS PODEM SER
CADA NOVO PAPEL TANTAS PALAVRAS
MAIS QUE ATRIZ - AURISTELA ARTISTA FEZ COMO POUCOS O QUE SÓ MUITO
POUCOS CONSEGUEM FAZER
MARCOU QUEM OUVIU O SEU SOM E SUA FÚRIA PRA SEMPRE
NÓS PUDEMOS PARTICIPAR DISSO
NÓS SEU BANDO SEUS CÚMPLICES SEUS IRMÃOS
PUDEMOS VER OUVIR SENTIR APRENDER A FAZER A RESPEITAR SEUS TEMPOS
SUA VONTADE SUA DEFESA SEU ATAQUE SUA GINGA
PUDEMOS TANTAS VEZES DURANTE TANTO TEMPO CONSTRUIR JUNTOS O
MUNDO QUE A GENTE QUERIA QUE O MUNDO FOSSE
QUE ESSE TEMPO FOI POUCO
MUITO POUCO
AURISTELA NÃO PODIA TER SILENCIADO AINDA
FALAREMOS SEMPRE QUE ELA ESTÁ PRESENTE E ESTARÁ
MAS UMA ATRIZ É UM CORPO FÍSICO
É UM SOM
É UMA VONTADE
É UMA RESPOSTA
É MUITAS QUESTÕES
E ESSAS QUESTÕES É QUE VÃO FICAR
SEU CORPO
SEU SOM
SUA VONTADE
SUAS RESPOSTAS
VÃO FAZER FALTA
NÃO VAMOS CONHECER OS PERSONAGENS
QUE ELA DEIXOU DE FAZER
E FALAMOS SÓ DO VISÍVEL
PORQUE PERDEMOS DEMAIS
NÃO VAMOS FALAR DA PESSOA
DA BASE SEMENTE RAÍZ CONTEÚDO TRONCO GALHOS FOLHAS FLOR E FRUTO
O SUSTENTO DA ATRIZ
ERA MAIOR DO QUE ELA
E SOBRE A PESSOA NÃO VAMOS FALAR

CADA UM DE NÓS IMAGINA UM DEPOIS UM ALÉM UM DEUS COM QUEM E ONDE
ELA ESTARÁ
MAS O FATO É QUE FICAMOS SEM ELA EM CENA
SUA CENA AGORA É OUTRA VASTA IMENSA IMENSURÁVEL IMPENSÁVEL
INDIZÍVEL SEM SOM

NOSSA DOR VAI FICAR MENOR A CADA DIA
NOSSA MEMÓRIA MAIS LEVE
NOSSO DIA A DIA VAI COLOCAR AS COISAS EM SEUS LUGARES
MAS NUNCA MAIS FLÁVIA KARINE CARMEM BERNA ROSA
NUNCA MAIS AURISTELA
ESTRELA DE OURO NUNCA MAIS

Marcio Meirelles, Viseu, 18 de março de 2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário