quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Vila indica: exposição “Memórias do Concilio de Trento: elementos de micro-história” do artista plástico italiano Flavio Marzadro


O artista plástico italiano Flavio Marzadro expõe em Salvador a mostra “Memórias do Concilio de Trento: elementos de micro-história”, que fica até março no Museu de Arte Sacra, bairro 2 de Julho, com entrada gratuita.

Nesta mostra, Flavio Marzadro recorta pedaços da história e retrata o Concílio de Trento como evento histórico. Com esta experiência, o artista faz ainda um mergulho em seus antepassados. Radicado no Brasil há pouco mais de três anos, Marzadro continua com fortes vínculos com Trento, sua região natal, situada no norte da Itália.

O artista Flavio Marzadro busca, segundo suas próprias palavras, “ver, ler, revelar e intervir poeticamente sobre os significados que estão nas coisas, artefatos da cultura material, que estão esquecidos, invisíveis, por hábito, preguiça ou cegueira social”.

As obras
A curadora Lêda Deborah e o artista Flavio Marzadro selecionaram 18 obras de arte que expressam, revelam e discutem fragmentos micro-históricos das memórias de uso do Concílio de Trento.

As obras de arte foram divididas em três grandes grupos: um primeiro formado por quadros bidimensionais em técnica mista, construídos a partir do artefato material pavimentação das igrejas do Concílio de Trento; um segundo grupo formado por baixo-relevo em gesso e cimento; e um terceiro de reflexão sobre o próprio processo de produção artística de Marzadro.

Informações da Tribuna da Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário