quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Entrevista com Bridget Escolme no jornal A Tarde


A inglesa Bridget Escolme, que participa do Fórum Shakespeare no Teatro Vila Velha, concedeu entrevista ao jornal A Tarde e foi capa do Caderno 2 da edição de hoje. Na entrevista, Bridget falou sobre pesquisas desenvolvidas por ela sobre performance e audiência na produção de Shakespeare, o trabalho que desenvolverá com atores baianos e a atualidade do dramaturgo inglês. Primeira vez em Salvador, Bridget também falou sobre as primeiras impressões da cidade, como as cores e a arquitetura. Confira na edição impressa a entrevista completa.

Bridget Escolme é professora de Artes Dramáticas da Queen Mary, University of London e pesquisadora de história do teatro e produções contemporâneas, com foco em produções do início do período moderno e no estudo das relações entre práticas originais e contemporâneas de produção de espaço e de subjetividade. Seu trabalho publicado recentemente, “Talking to the Audience”, explora a relação entre a performance e a audiência na produção de Shakespeare; sua atual pesquisa é para o livro ‘Madness and Theatricality’, que explora como as convenções das performances contemporâneas reproduzem e revisitam figuras ‘loucas’ do passado teatral.

Sua pesquisa é sustentada pela prática teatral. Bridget publicou artigos sobre suas próprias produções teatrais em Shakespeare Survey (revista especializada) e trabalhou como dramaturga na West Yorkshire Playhouse, e como atriz em Edimburgo. Bridget é membro da International Shakespeare Association (Associação Internacional de Shakespeare) e do Architectural Advisory Committee (Comitê Conselheiro de Arquitetura) do Shakespeare’s Globe em Londres. Bridget é ainda membro-fundadora da rede Shakespeare in Performance, um seminário internacional para críticos de performances de obras Shakespearianas.

Fórum Shakespeare
O Fórum Shakespeare é um intercâmbio artístico e educativo entre o Brasil e o Reino Unido, que tem o objetivo de explorar, representar, repensar e celebrar o legado do Bardo inglês. Através do uso das artes teatrais e de textos clássicos do dramaturgo, o Fórum pretende inspirar artistas e plateias através de uma troca de experiências intensa, criativa e contemporânea; aprimorar conhecimentos; experimentar através da linguagem cênica; e criar um espaço inédito para o desenvolvimento técnico e artístico.


O Fórum Shakespeare é realizado através da parceria inédita entre a People’s Palace Projects, organização artística britânica, e o Teatro Vila Velha. Conta com o convênio da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) e faz parte do programa de artes Transform, do British Council.

Além das oficinas, o Fórum vai realizar diversos eventos gratuitos abertos para o público geral. Todos esses eventos serão transmitidos ao vivo por streaming pelo site do Teatro Vila Velha.


Nenhum comentário:

Postar um comentário