terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Arena na Praça Castro Alves?


O secretário estadual do Turismo, Domingos Leonelli, anunciou nesta sexta-feira, 11, que, em até seis meses, deverão começar as obras para a construção de uma arena para shows e outros eventos no entorno da Praça Castro Alves, no Centro Histórico  de Salvador. O anteprojeto da arena, que ficará entre a Rua do Sodré e a Ladeira da Preguiça, prevê que ela comporte cinco mil pessoas - por enquanto, a secretaria aguarda o parecer do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A arena deve custar R$ 25 milhões, segundo Leonelli.

O Ministério do Turismo já empenhou R$ 10 milhões, e o montante restante deverá ser liberado após a fase de projeto e licitação da obra. "Este projeto foi apresentado ao Iphan, que deu sinais positivos de aprovação. Talvez haja apenas uma redução da capacidade da arena", comentou Leonelli. O secretário disse, ainda, que, nesta segunda-feira, o projeto da arena será apresentado ao secretário municipal de Desenvolvimento, Cultura e Turismo, Guilherme Bellintani.

Domingos Leonelli considera que o projeto visa revitalizar não somente a Praça Castro Alves, mas todo o Centro Antigo da capital baiana. "A arena será uma extensão da praça. Ali faremos shows, apresentações de dança, música, espetáculos de teatro, além de encontros religiosos", enumerou o secretário.

Pacto - As verbas para a construção da arena fazem parte do Pacto pelo Desenvolvimento do Turismo, do Ministério do Turismo. A pasta liberou, no início deste mês, R$ 305 milhões para obras em 16 estados brasileiros. O programa federal busca melhorar a estrutura de turismo no País, preparando-o para a Copa das Confederações, a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

"Com o pacto do turismo, cristalizamos a gestão participativa no segmento e invertemos o fluxo de demandas. Trabalhamos em comum com estados e municípios", disse o ministro do Turismo, Gastão Vieira.

Matéria original do Jornal A Tarde

E mais: Já está circulando uma petição pública contra a construção da Arena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário