segunda-feira, 26 de novembro de 2012

“Vinte Mil Léguas Submarinas” no palco do Teatro Vila Velha


As noites de sexta, sábado e domingo, no Teatro Vila Velha, foram marcadas pela apresentação do espetáculo Vinte Mil Léguas Submarinas, da Companhia Italiana Teatro Potlach. Com direção de Pino Di Buduo e elenco formado por Daniela Regnoli, Nathalie Mentha, Paolo Summaria, Gaudi Tione Fanelli e Gabriel Delfino Marques, a montagem fez um releitura do clássico livro do escritor francês Júlio Verne. A obra foi lançada em 1869 e Verne é considerado por muitos como o pai da ficção científica.


Não por acaso, o grupo italiano usou recursos tecnológicos na apresentação. A peça trouxe uma linguagem híbrida, em que se misturavam a arte do circo com interfaces entre tecnologia e teatro de rua, além de muita música. O economista Elias Santos, 32 anos, achou a apresentação muito diferente. “Eu gostei. Eles misturam tudo. A estrutura é bem incomum”, afirmou.

Texto: Raulino Júnior

Nenhum comentário:

Postar um comentário