quarta-feira, 8 de junho de 2016

"Somos Todas Clandestinas" chega ao Teatro Vila Velha

A montagem feminista discute o aborto no Brasil. Foto: Milena Palladino

Realizada por uma equipe de jovens artistas feministas, com colaboração criativa de mais de 30 mulheres, a peça 'Somos todas Clandestinas' será encenada no Teatro Vila Velha, em Salvador, nos dias 17 e 18 de junho, às 20h. O espetáculo é a tentativa de representação de um discurso múltiplo, com base em relatos verídicos de mulheres que abortaram clandestinamente.

Montada em 2015 e viabilizada a partir de campanha de financiamento coletivo, a peça tem texto de criação colaborativa e trilha sonora original gravada ao vivo. Com influência brechtiana e do teatro de agitação e propaganda, propõe um diálogo sobre os direitos sexuais e reprodutivos das mulheres, racismo, descriminalização do aborto, assim como o papel do homem, da Igreja e do Estado.
Na terceira edição do "Palco Aberto", que aconteceu na segunda-feira, dia 06 de junho, com o tema "A Mulher e a Democracia", uma cena do espetáculo foi apresentada e aplaudida de pé pelo público que assistia ao debate.


Somos Todas Clandestinas
17 e 18/06, sexta e sábado, 20h
Ingressos: R$ 20 e 10
Classificação: 16 anos
Sala Principal
Teatro Vila Velha

Nenhum comentário:

Postar um comentário