sexta-feira, 6 de março de 2015

Cine Vila discute produção audiovisual e direitos humanos

Com sessões às segundas e terças-feiras de março, sempre às 19h, o cineclube do Teatro Vila Velha apresenta o projeto Fragmentos de um Discurso Cinematográfico e sedia a 9a Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul

"Estranhos", de Paulo Alcântara, que estreia em abril no circuito comercial
 
"A vizinhança do Tigre" é um dos filmes da Mostra Cinema e Direitos Humanos

Em março, o Cine Vila - cineclube do Teatro Vila Velha - chega a seu décimo mês de exibições com uma programação intensa, que ocupa o Cabaré dos Novos todas as segundas e terças-feiras, sempre às 19h. Em parceria com a Araçá Azul Cine e com a Cavalo do Cão Filmes, o Cine Vila apresenta às segundas o projeto Fragmentos de um Discurso Cinematográfico, que reúne profissionais do cinema e promove, através de sessões temáticas, a discussão sobre os diversos aspectos da produção de um filme: direção, fotografia, direção de arte, elenco e produção. Já às terças-feiras, o Cine Vila abriga o Projeto Democratizando, uma das ações da 9a Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul, que conta com exibições e debates.

As sessões do projeto Fragmentos de um Discurso Cinematográfico são pautadas a partir da exibição da série de Making Of de "Estranhos", longa metragem de Paulo Alcântara que estreia em abril no circuito comercial. Cada curta de bastidores se debruça sobre uma etapa da produção do longa e será exibido junto à equipe do filme. Nessas sessões, serão projetados ainda filmes baianos que se destacam pela respectiva área discutida. Os encontros contarão com a presença de diretores, produtores, atores, diretores de arte, cenógrafos, figurinistas, maquiadores, diretores de fotografia, som, entre outros profissionais.

Já o Projeto Democratizando, que integra a 9a Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul, traz uma programação especial montada para promover a reflexão sobre a sociedade a partir dos direitos das pessoas com deficiência; do combate à homofobia; do preconceito racial, de gênero, social e outros preconceitos; do combate à tortura; e mais o que se possa discutir para tentar mudar o quadro de violência em que vivemos. Esta ação dialoga com a história do Teatro Vila Velha – um espaço de defesa dos direitos e da liberdade, desde a sua inauguração, em plena ditadura militar, quando abrigou encontros de artistas e estudantes e se consolidou como centro de rebeldia contra o regime.

PROGRAMAÇÃO CINE VILA

Fragmentos de um Discurso Cinematográfico
segundas-feiras, 19h

09/03: 
Direção de Arte
Exibições:
- Making Of sobre Direção de Arte de Estranhos
- O Filme de Carlinhos, dir. Henrique Filho
- Cães, dir. Moacyr Gramacho e Adler Kiber
- A Bicicleta do Vovô, dir. Henrique Dantas
Participações:
Henrique Dantas (diretor de arte de Estranhos e diretor de A Bicicleta do Vovô)
Henrique Filho (diretor de O Filme de Carlinhos)
Juliana Ribeiro (assistente de direção de arte de O Filme de Carlinhos)
Solange Lima (produtora de Estranhos)
Moacyr Gramacho (diretor de Cães)
Flávio Lopes (diretor de arte de A Bicicleta do Vovô)
Renata Soutomaior (diretora de arte)

16/03: Fotografia e Som
a programação será divulgada em breve 

23/03: Elenco
a programação será divulgada em breve 

30/03: Direção e Roteiro
a programação será divulgada em breve 

9a Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul
terças-feiras, 19h

10/03:  Sophia (Kennel Rógis, 15') e A Vizinhança do Tigre (Affonso Uchoa, 95')
participação: Dj Branco e Fábio de Santana (Bando de Teatro Olodum)
17/03: Pelas Janelas (Carol Perdigão, Guilherme Farkas, Sofia Maldonado e Will Domingos; 35') e Rio Cigano (Júlia Zakia, 80')
24/03: Cabra Marcado para Morrer (Eduardo Coutinho, 119')
31/03: Que Bom te Ver Viva (Lúcia Murat, 95')

Nenhum comentário:

Postar um comentário