segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Sem Arte

reproduzo abaixo mensagem distribuída pela Cipó Comunicação interativa, em virtude do assassinato de um de seus alunos.

-x-x-x-x-x-x-

A expressão "sem arte", comumente usada pelos baianos para designar a incapacidade de agir diante de alguma circunstância, notícia ou susto, pode ser duplamente utilizada hoje (14/11/08) nesse desabafo que tenta traduzir o sentimento daqueles que trabalham na CIPÓ. Porque foi assim que ficamos (sem arte) com a notícia devastadora do assassinato de Bruno Marques Santos, aluno de Design da Turma III da Oi Kabum! Salvador, que completou 17 anos no dia 1º de outubro. Bruno cursava o 2º ano do ensino médio no Colégio Manoel Novaes e seu enterro foi realizado hoje, às 16h30, no Cemitério do Campo Santo.

Passado o primeiro momento, nos demos conta de que a tristeza que nos arrebatou é ainda maior porque ficamos sem arte na Kabum, sem a arte de Bruno. Experimentando o uso do seu talento no desenvolvimento de peças de comunicação há seis meses, ele expressava suas idéias, seus desejos e os seus sonhos, que foram enterrados com ele hoje.

Nos perguntamos mais uma vez: o que fazer? Não sabemos, estamos ainda sem arte diante da notícia. Sabemos apenas que na segunda-feira, quando a Escola, sediada no mesmo bairro onde Bruno vivia e foi morto, voltaremos aos poucos à nossa rotina, buscando de forma incansável estar próximos dos 79 amigos e amigas dele. Voltaremos, entretanto, com a certeza de que o nosso trabalho, assim como tantos outros, não dará conta sozinho do complexo contexto social em que estamos inseridos. E é por isso que nos unimos às inúmeras vozes que apontam as mazelas sociais e alguns caminhos para solucioná-las, convocando a todos (as) a encarar de forma séria a violência e o genocídio da juventude negra em nossa cidade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário