quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Erê estreia nesta sexta e marca os 25 anos do Bando de Teatro Olodum


Nesta sexta-feira, 13 de novembro, às 20h, o Bando de Teatro Olodum estreia Erê, montagem que celebra os 25 anos do grupo. O espetáculo surge da vontade, e da necessidade, de gritar contra o genocídio dos jovens negros, assim como aconteceu em 1996, com a montagem de Erê Pra Toda Vida criada a partir da Chacina da Candelária, no Rio de Janeiro. Sob direção de Marcio Meirelles, Erê Pra Toda Vida nunca apresentou-se em Salvador: foi comissionado pelo LIFT (London International Festival of Theatre) e pelo Carlton Dance, participando deste festival, em Londres, e estreando no Teatro Municipal do Rio de Janeiro e depois no Teatro Sérgio Cardoso (SP). O novo Erê estreia sob direção de Fernanda Julia e dramaturgia de Daniel Arcades, marcando uma importante parceria entre o Bando e o NATA (Núcleo Afrobrasileiro de Teatro de Alagoinhas). A concepção cênica é assinada por Lázaro Ramos, a coreografia de Zebrinha e a direção musical de Jarbas Bittencourt. No palco, 25 artistas usam a arte, com traços próprios do Bando, para exigir o fim do assassinato de jovens e crianças negras e garantir o futuro de dignidade e oportunidades aos Erês (nome dado às entidadesinfantis na religiosidade de matriz africana).

Nenhum comentário:

Postar um comentário