quarta-feira, 19 de junho de 2013

O Monumento do Teatro Baiano

Por conta das movimentações – Copa das Confederações, São João, feriado municipal, bloqueio das vias para realização dos jogos e as manifestações, o Experimento 3 teve sua apresentação adiada para a próxima quinta-feira, 27/06.

Os atores seguiram com os ensaios a todo o vapor. O de hoje, 19/06, foi baseado nas trocas com Jean-Jacques Lemêtre, do Théâtre du Soleil durante sua passagem por Salvador, em Maio.

Os atores treinaram passos fugindo do código binário. Segundo Jean-Jacques, a América Latina tem sua divisão sonora em dois tempos. Tendo como exemplos: papai, mamãe, etc. e que isso influencia no andar. “As pessoas não aprendem a andar” – ele disse. Esse aprendizado foi exercitado hoje, testando os três tempos.

Para completar as atividades da Livre, os participantes receberam a visita de Yumara Rodrigues, atriz baiana com mais de 50 anos de carreira. Com um documentário biográfico baseado na sua história, ela afirmou “é preciso ter raça pra ter coragem”.

Chamada por Marcio Meirelles de “O Monumento do Teatro Baiano”, Yumara visitou a LIVRE para fazer uma foto com o diretor e ficou para uma conversa com os atores.

Para os que estão interessados em participar da Universidade Livre de Teatro Vila Velha, as inscrições foram prorrogadas. Veja mais. 

O Experimento 3 - Frankenstein e Seus Mitos Internos da LIVRE acontece no dia 27.06 | qui | 20h | r$15 e r$ 7,50.


Fique atento e Vá ao Vila, Velho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário