segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Bando de Teatro Olodum: uma política social in cena


Acontece no dia 27 de agosto, às 14h30, no auditório da UCSAL, Campus Federação (Rua Cardeal da Silva, nº 205), a defesa da dissertação Bando de Teatro Olodum: uma política social in cena, defendida por Régia Mabel da Silva Freitas, mestranda em Políticas Sociais e Cidadania (UCSal), pes­quisadora de relações étnico-raciais, bolsista da FAPESB (Fundo de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia) e colaboradora de grupos de pesquisa da UCSAL: GAPPS (Gestão e Avaliação de Políticas e Projetos Sociais) e NPEJI (Nú­cleo de Estudos e Pesquisas sobre Juventudes, Identidades e Cidadania)

Assídua desde 2001 no Teatro Vila Velha, como espectadora dos espetáculos do Bando e dos demais grupos residentes, Mabel percebeu que esse grupo em especial reúne correntes artísticas e ideológicas e possui uma teatralidade com matrizes estéticas que combinavam com os estudos acadêmicos anteriores sobre a historicidade das intervenções sociais negras baianas na luta por seus direitos pós-abolição. Ela então decidiu investigar as contribuições do Bando de Teatro Olodum no processo de construção da cidadania de atores e ex-atores. 

Compõem a Banca Examinadora a Doutora Katia Siqueira de Freitas (orientadora), Doutora Mary Garcia Castro (UCSAL), Doutor Jeferson Bacelar (CEAO - UFBA) e Doutor Hélio Santos (Visconde de Cairu). 

Banca de defesa (Bando de Teatro Olodum: uma política social in cena)
Auditório da UCSAL – Campus Federação – Rua Cardeal da Silva, nº 205.
27/08 – 14h30

Nenhum comentário:

Postar um comentário