sexta-feira, 17 de agosto de 2012

A Outra Companhia de Teatro apresenta espetáculos em São Paulo


O grupo realiza temporada de dois espetáculos na Funarte SP como parte do projeto Nova Cena Nordestina

Após uma intensa circulação por dez cidades no interior da Bahia, no primeiro semestre, com o espetáculo “Remendo Remendó”, A Outra Companhia de Teatro desembarcou na semana passada em terras paulistanas para sua primeira temporada. O grupo fica em cartaz até setembro na Funarte SP com os espetáculos “Mar Me Quer”, as sextas e sábados, 21 horas, e “Remendo Remendó” aos domingos às 20 horas.

O grupo realiza a temporada paulistana dentro do projeto Nova Cena Nordestina, contemplado no edital de ocupação da Sala Carlos Miranda no Complexo Cultural da FUNARTE SP. O projeto é uma parceria entre A Outra e os grupos Clowns de Shakespeare, do Rio Grande do Norte e Magiluth, de Pernambuco, que vem desde maio ocupando o espaço.

A ideia do projeto é realizar na capital paulista uma mostra do teatro de grupo produzido no Nordeste a partir do recorte desses três coletivos, que além de espetáculos, também realizaram mesas de debate acerca do teatro produzido dentro e fora do eixo Rio-São Paulo, oficinas gratuitas e um ciclo de leituras dramáticas de obras de autores nordestinos.

Em maio, os Clowns de Shakespeare (RN) comandaram o projeto fazendo temporada do espetáculo “O Capitão e a Sereia”. Já entre junho e julho, foi a vez do Grupo Magiluth (PE) levar para o espaço três de seus espetáculos: “Um torto”, “O canto de Gregório” e “Aquilo que o meu olhar guardou para você”. Agora é a vez da trupe baiana coordenar as atividades, e por em cena “Mar Me Quer”, montagem de 2010 baseada na obra do moçambicano Mia Couto, e “Remendo Remendó”, indicado em duas categorias do Prêmio Braskem de Teatro em 2011. A temporada do grupo segue até dia 30 de setembro.

Nova Cena Nordestina
O Projeto Nova Cena Nordestina acontece pela primeira vez e conta com o envolvimento de importantes grupos de teatro da região nordeste. Entre maio e setembro traz para a Sala Carlos Miranda no Complexo Cultural Funarte São Paulo, a presença de três grupos na cena nordestina contemporânea: Clowns de Shakespeare (RN), Magiluth (PE) e A Outra (BA). Durante esse período serão oferecidos espetáculos, oficinas, mesas-redondas e uma série de atividades de intercâmbio com foco na discussão sobre a produção de teatro de grupo no Brasil.

Em agosto e setembro, além das apresentações de Mar Me Quer e Remendo Remendó, A Outra Companhia de Teatro realiza a oficina teatral gratuita Do Jogo para a Cena, nos dias 21, 22, 23, 28, 29 e 30 de agosto, das 14 às 17 horas. No dia 5 de setembro, às 19 horas, o grupo faz a leitura encenada do texto “Por que a gente não é assim? Ou por que a gente é assado?”, de Rafael Martins, do Grupo cearense Bagaceira de Teatro e nos dias 15 de agosto e 6 de setembro a mesa-redonda Fora do Eixo. Inscrições podem ser feitas pelo e-mail aoutra@gmail.com.

Mar Me Quer
Oitava montagem da Cia, Mar Me Quer é baseada na novela do moçambicano Mia Couto e do texto dramático construído a partir desta obra pela portuguesa Natália Luíza e publicada pela Coleção Cena Lusófona. Valendo-se dessas duas obras homônimas para construir a dramaturgia e criar um universo repleto de imagens, sons, e, “histórias de pescador”, amor e tradição, o grupo apresenta uma encenação contemporânea valorizando o jogo cênico entre os atores, que manipulam o cenário, executam a composição sonora do ambiente, e corporificam a dramaturgia rica em imagens da obra lusófona.

Em cena, cinco atores – Eddy Veríssimo, Luiz Buranga, Israel Barretto, Luiz Antônio Jr. e Roquildes Junior – se revezam nos personagens contando a saga de Zeca, um homem que tenta fugir de seu passado e vive em diálogo com seu Avô, morto. Apaixonado por uma mulher mais velha, Luarmina, ele necessita recorrer as suas memórias para conquistar sua amada e continuar vivo.

Remendo Remendó
Muitas cores, música, um cenário que se monta e desmonta o tempo todo e a literatura de cordel revisitada. Estes são os elementos de Remendo Remendó, nona montagem d’A Outra Companhia de Teatro, que se passa numa pequena cidade do interior quando o prefeito organiza um festival de contadores de histórias. Ele reúne as melhores mentes da região como: seus filhos, a extrovertida Porcia e o intelectual Corisco, o sábio senhor Firmino e o divertido Alexandre, que se desdobram contando suas melhores histórias numa disputa pelo prêmio.

Sobre A Outra Companhia de Teatro
Grupo residente do Teatro Vila Velha com sede na cidade de Salvador (BA) e fundado em abril de 2004. Entre os prêmios recebidos ao longo de sua atividade, destacam-se, em 2010, o Prêmio BNB de Cultura com o projeto Memorial Brasil de Artes Cênicas – Cena Nordestina, e diversas aquisições do Prêmio Myriam Muniz de Teatro da Funarte: categoria circulação, com o projeto Outras Histórias, em 2010; o projeto Mar me Quer, em 2009, e o projeto O Pique dos Índios ou A Espingarda de Caramuru, uma homenagem a Haydil Linhares, em 2007/2008. Já no ano de sua criação, em 2004, A Outra foi contemplada com o Prêmio Braskem de Teatro – categoria Revelação, pelo espetáculo Arlequim servidor de dois patrões, para o diretor Vinício de Oliveira.


Serviço
O que? Projeto Nova Cena Nordestina, com A Outra Companhia de Teatro
Onde? Sala Carlos Miranda – Complexo Cultural da FUNARTE SP
Quando? Até dia 30 de setembro


Nenhum comentário:

Postar um comentário