sábado, 28 de maio de 2016

Teatro Vila Velha realiza debate sobre Samuel Beckett no Shopping da Bahia

Evento na loja "Somos" tem como tema a obra do autor irlandês na Bahia


Marcio Meirelles, Celso Jr. e Luiz Marfuz debatem Beckett na Bahia



No dia 2 de junho, quinta-feira, às 19 horas, acontece na loja Somos Coletivo Criativo, 2o piso do Shopping da Bahia, o bate-papo “Beckett na Praia” que discute a atualidade da obra de Samuel Beckett (1906-1989) a partir dos pontos de vista latinoamericano, brasileiro e baiano. O evento é aberto ao público e tem como convidados os diretores Celso Jr., Luiz Marfuz e Marcio Meirelles.


O debate acontece como um desdobramento do espetáculo "Notícias de Godot", que reúne fragmentos, peças curtas e poemas de Samuel Beckett, sob direção de Celso Jr. A peça está em cartaz no Teatro Vila Velha até 5 de junho, com apresentações às sextas e sábados, 20h, e domingos, 19h.


A obra de Samuel Beckett sempre ocupou lugar central nos palcos e nos estudos sobre dramaturgia, desde a estreia da peça "Esperando Godot", em 1953. O autor, que recebeu o Prêmio Nobel da Literatura em 1969, é um dos mais importantes do século 20, quando propôs ao existencialismo novas equações dramatúrgicas em novas composições cênicas, demolindo convenções e apontando para a desconstrução pós-dramática do século 21. Entre os temas mais recorrentes, estão a solidão, impossibilidade de comunicação, abandono das certezas e vazio existencial.


As constantes montagens dos textos de Samuel Beckett trazem sempre possibilidades de ressignificação de sua obra a novos tempos e outros lugares. Na Bahia, muitos encenadores se aventuraram em montagens como "Comédia do Fim", de Luiz Marfuz, "Fim de Partida", dirigida por Ewald Hackler, e "Esperando Godot", sob direção de Márcio Meirelles. Nacionalmente, algumas experiências ganharam destaque, como "Fim de Jogo", de Gerald Thomas, "Esperando Godot", de Zé Celso Martinez e de Antunes Filho, em Eva Wilma e Lilian Lemmertz, e "Dias Felizes", com Fernanda Montenegro, dirigida por Jacqueline Laurence.


Sobre os palestrantes

Celso Jr. é ator e diretor com mais de 60 espetáculos teatrais realizados, professor do Núcleo de Teatro da Universidade Federal de Sergipe. Doutor em Artes Cênicas pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas – UFBA (2013, pesquisa a obra de Samuel Beckett há mais de 25 anos. Bacharel em Artes Cênicas (Direção Teatral) pela Escola de Teatro da UFBA, (1994). Mestre em Letras, (Teorias e crítica da literatura e da Cultura) UFBA, (2005).
Luiz Marfuz é doutor em Artes Cênicas (2007) e Mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas (1996), ambos pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). É graduado em Administração de Empresas (1976) e em Comunicação com Habilitação em Jornalismo - pela UFBA. É professor-adjunto da Universidade Federal da Bahia, diretor teatral, arte-educador, dramaturgo e pesquisador sobre encenação contemporânea e estratégias de encenação no teatro de Samuel Beckett e autor do livro “Beckett e a Implosão da Cena: poética teatral e estratégias de encenação” publicado pela editora Perspectiva em 2014.

Márcio Meirelles iniciou a carreira teatral em 1972, em Salvador. Foi fundador do grupo Avelãz y Avestruz (l976-1989) e do espaço cultural A Fábrica (1982), dirigido por ele. Foi diretor de um dos maiores centros culturais do Brasil – o Teatro Castro Alves, em Salvador, entre 1987 e 1991. Contemplado com importantes prêmios em suas áreas de atuação, fez estágio na Circle Repertory Company (Nova York) e realizou oficinas e espetáculos na Europa e na África. Em 1990 criou, com Chica Carelli, o Bando de Teatro Olodum, que dirige até hoje. Em 1994, coordenou o projeto de reforma e revitalização do Teatro Vila Velha, do qual é diretor artístico. Foi homenageado pelo Troféu Copene de Teatro pelo conjunto de seu trabalho, em 1999; indicado ao Prêmio Shell, no Rio, pela encenação de “Candaces – a reconstrução do Fogo”, em 2003; Entre 2007 e 2010, foi Secretário de Cultura do Estado da Bahia. Em 2013, criou a universidade LIVRE de teatro vila velha, programa de formação em artes cênicas. Anualmente, o artista realiza oficinas e assina montagens em países da África e Europa.

Serviço:

"Beckett na Praia"
Bate-papo sobre a ressignificação da obra de Samuel Beckett a partir do ponto de vista latinoamericano, brasileiro e baiano.
Palestrantes: Celso Jr., Luiz Marfuz e Marcio Meirelles
Data: 2 de junho, quinta-feira, 19h
Local: Loja Somos Coletivo Criativo, 2o piso do Shopping da Bahia
Entrada Gratuita

Nenhum comentário:

Postar um comentário