quarta-feira, 11 de maio de 2016

Recital Vozes Negras se apresenta no Teatro Vila Velha




Quatro Mulheres, poesias, música e discurso racial: estes são alguns dos elementos do Recital Vozes Negras que irá apresentar no próximo dia 17, o tema “amor, resistência e afirmação”, em mais uma edição do projeto Terças Pretas. O espetáculo utilizará a poesia e outros gêneros da escrita para expressar produções literárias que relatam o universo feminino. A Banda Ifá Afrobeat, o cantor Dão e a artista norte-americana Alissa Sanders serão os convidados da noite, abrilhantando ainda mais o evento.

Recital Vozes Negras apresentará uma reflexão sobre a autonomia feminina, nos mais diversos aspectos e passando por tema que vai de políticos chegando aos sexuais, interagindo com outros artistas convidados. As atrizes Luciana Souza, Valdinéia Soriano, Cássia Vale e Aline Souza fornecem o tom e a voz para textos de escritoras baianas Conceição Evaristo, Cristiane Sobral, Lívia Natália e Urânia Munzanzu, que protagonizam elementos da essência feminina. Os versos associam-se à musicalidade por meio de canções, executadas ao vivo pelo ator e percussionista Ridson Reis e pelo violonista Maurício Lourenço e o figurino da estilista Madá Negrif.

A direção é assinada pelo ator Jorge Washington, um dos atores fundadores do bando de Teatro Olodum. “Sentia falta de um espaço que visibilizasse exclusivamente as mulheres negras e marcada pela abordagem de questões que tratam da discriminação racial de forma lúdica e combativa” comenta Jorge Washington, que também foi quem concebeu a montagem. O Recital Vozes Negras é um projeto dedicado à difusão da leitura, onde a arte se expressa de forma espontânea em uma rica interação entre o público e os textos escolhidos, por meio da interpretação das atrizes e seus textos de inspirações. Esta edição também contará com texto do poeta Akins Kintê, destaque da nova geração da literatura negra.

Convidados – Alissa Sanders é cantora de Jazz e se apresentará pela primeira vez em solo baiana, no Recital Vozes Negras. A artista nasceu em Hollywood, Califórnia, EUA e se declara apaixonada pela cultura brasileira, principalmente pelas suas raízes. Em seus shows, procura demonstrar um som com balanço e, ao mesmo tempo, a harmonia do jazz. Chegou ao Brasil para estudar canto o professor Neto Costa e aproveitou para aprender também o idioma. Ela é uma “hollywoodiana” que fala muito bem o português.

Outra convidada para estrear no Recital Vozes Negra é a Banda Ifá, que apresenta repertório inspirado na diversidade musical de matriz africana. O grupo formado por músicos e pesquisadores de Salvador possui mistura sonora com bases no movimento do Afrobeat, dub, reggae, funk, e no ritmo do Ijexá, dos blocos afro e afoxés da Bahia. Ifá faz da sua música um manifesto de afirmação estética e musical da cultura negra, semelhante ao gênero musical criado por Fela Kuti e Tony Allen na Nigéria dos anos 70.

Dão é o terceiro convidado para o Recital na Terças Pretas. Dão é uma espécie de pesquisador do balanço e artista comprometido com ritmos pulsantes, fazendo da sua música sempre uma festa. O seu som é influenciado por artistas como Tim Maia, Hildon, Cassiano, Jackson do Pandeiro, Jorge Ben, Carlos Dafé e outros artistas da música black brasileira, colocando muito swing e criando uma blackmusic contemporânea, com canções que despertam o interesse de amantes da música no mundo todo.

SERVIÇO:
Recital Vozes Negras e participações da Banda Ifá, Dão e da cantora de Jazz, Alissa Sanders
Local: Teatro Vila Velha, Passeio Público
Dia: Terça-feira, 17 de maio, a partir das 18h
Entrada: Inteira R$20 e Meia R$10

Nenhum comentário:

Postar um comentário