quinta-feira, 9 de maio de 2013

Palestra com Márcio Meirelles acontecerá dia 18 de maio em Jequié



A utilização da tecnologia na criação artística é uma das tendências do teatro contemporâneo. Para melhor compreender como se elabora essa construção de significados e quais são seus resultados estéticos, a palestra de Márcio Meirelles (O TEATRO E AS NOVAS TECNOLOGIAS), a ser realizada em Jequié, no dia 18 de maio, às 20h, no Centro de Cultura ACM, com entrada franca, discutirá o uso dos aparatos tecnológicos que se relacionam com a modulação da dramaturgia, com a manipulação do tempo e do espaço e com o jogo dos atores em cena, abordando as influências do uso da tecnologia na cena, característica de uma nova teatralidade. 

O evento faz parte da programação oferecida pelo projeto "Semana Multiartística", sob direção executiva de Alysson Andrade, com o patrocínio do Fundo de Cultura da Bahia e SecultBA. 

Márcio Meirelles é Diretor teatral, cenógrafo, produtor e figurinista. Em 2013, comemorou 41 anos de teatro. Nesta trajetória que se confunde com a história do teatro baiano, o encenador, que também já atuou como artista plástico e fotógrafo, além de Secretário da Cultura do Estado da Bahia (2007-2010), foi responsável pela revitalização do Teatro Vila Velha com o trabalho no bando, formado apenas por atores negros. 

É autor do texto e da encenação no teatro de “Ó Paí Ó”, que revelou o ator Lázaro Ramos e depois se tornaria filme financiado pela Globo Filmes. Dirigiu diversos espetáculos de música, de artistas como Tom Zé, Caetano Veloso, Margareth Menezes, entre outros. Márcio, também foi diretor do Teatro Castro Alves durante o governo de Waldir Pires (1987-1989).

Daqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário