quarta-feira, 28 de maio de 2008

Viladança se destaca em Pernambuco


No último fim de semana (de 23 a 25 de maio), a Cia Viladança foi responsável pela abertura da programação do “Festival Teatro Brasileiro - Cena Baiana”, em Recife, com os espetáculos “Aroeira - com quantos nós se faz uma árvore” e “Da ponta da língua á ponta do pé”. A noite de abertura foi no Teatro Apolo, com “Aroeira” pela primeira em palco fora da Bahia. Já as tardes ficaram por conta de “Da ponta da língua”, que encantou as crianças.

O público e a imprensa conferiram curiosos e atentos a passagem da Companhia pela cidade e registrou em debates depois dos espetáculos e nos veículos de comunicação locais muitos elogios à qualidade técnica e à criatividade do Viladança.

Cristina Castro, diretora e coreógrafa da Companhia, ministrou uma oficina especial de dança contemporânea no Teatro Santa Isabel, antes da chegada do grupo inteiro, entre os dias 20 e 23. Ao todo, 20 alunos participaram intensamente das aulas, que contou com um super aquecimento e muitos jogos criativos, preparando a turma para a maratona de espetáculos do Festival, que dura até o dia 15 de junho.

Para o Viladança o pique também continua. Mal desembarcaram em Salvador, na segunda-feira, e já embarcaram no Improvilação – projeto de improvisação de dança promovido pelo grupo, que consiste em três dias de oficina com técnicas de dança contemporânea e uma mostra gratuita no final. A apresentação desse resultado acontece no Cabaré dos Novos (Teatro Vila Velha) dia 29, quinta-feira, às 19h. Entrada franca.

Confira abaixo a galeria de fotos trazidas pela Companhia de Recife.





Jogos na Oficina de Dança





















A turma da oficina com Cristina Castro ao centro






Fila para entrar no Teatro Apolo




















A criançada lotou o Teatro




"Da Ponta da Língua" narra a história da dança


















Cenas que encantaram o público






Os dançarinos cantam, dançam e interpretam




















O Viladança agradece

Nenhum comentário:

Postar um comentário