sexta-feira, 28 de agosto de 2015

A História dos Ursos Pandas faz última apresentação no Vila e embarca para festival de teatro em Santos


Cena da peça A História dos Ursos Pandas - foto: Marcio Meirelles


O espetáculo A História dos Ursos Pandas realiza última apresentação pelo Projeto Matéi neste sábado, 20h, no Teatro Vila Velha, mas já tem data marcada para voltar aos palcos, desta vez em Santos, São Paulo, dentro do mais antigo festival de artes cênicas em atividade no Brasil. A apresentação no FESTA 57 – Festival Santista de Teatro acontece no dia 5 de setembro, sábado, às 21h, no pátio da Casa da Frontaria Azulejada, edifício histórico tombado pelo IPHAN. O festival, que tem programação completa disponível aqui, acontece entre 1 e 9 de setembro, e reúne atrações de todo o país.

Mas para quem está em Salvador, a chance é AGORA de assistir aos três últimos espetáculos do Projeto Matéi. Hoje, 20h, a peça Deserto despede-se do público. No sábado, às 20h, é a vez de A História dos Ursos Pandas e, no domingo, acontece a última apresentação do monólogo As Palavras de Jó, que coloca em cena o diretor teatral Marcio Meirelles depois de 36 anos distante da função de ator. Todos os espetáculos tem texto do romeno Matéi Visniec, um dos dramaturgos contemporâneos mais aclamados pela crítica internacional, e encenação de Marcio Meirelles, diretor artístico do Teatro Vila Velha. Todas as peças são acessíveis para pessoas com deficiência visual através de audiodescrição.

Abaixo, saiba mais sobre as três peças:

DESERTO
última apresentação: 28 de agosto, sexta-feira, 20h, no teatro vila velha | R$ 30 e 15
texto: matéi visniec | direção: marcio meirelles | direção musical: pedro amorim

Neste espetáculo, que reúne seis cenas independentes, o deserto pode ser o cenário ou estar presente como uma metáfora. Aqui, as situações
servem de pretexto para reflexões sobre o sentido da vida e da morte, o valor das coisas e das pessoas, e sobre o tempo. "Carona", "Sanduíche de Frango", "Não Sou Mais Sua Coelhinha", "Um Café Longo, um Pouco de Leite Separado e um Copo D`Água" e "A Grande Ressaca" abusam das imagens e da ironia, típicas do dramaturgo Matéi Visniec.

A HISTÓRIA DOS URSOS PANDAS
temporada: 29 de agosto, sábado, 20h, no teatro vila velha | R$ 30 e 15
texto: matéi visniec | direção: marcio meirelles

Numa manhã, dois jovens acordam na mesma cama e não se lembram como foram parar lá. Os dois decidem iniciar uma relação e fazem o acordo de passar apenas nove noites juntos e separar-se logo em seguida. As nove noites passam lentamente e parecem uma vida inteira, que abriga alegrias, descobertas, desilusões, novos e velhos rituais de amor. A peça, que põe em cena os atores Fernanda Veiga e Neto Cajado, é a segunda montagem deste texto de Matéi Visniec feita por Marcio Meirelles - a primeira estreou em março de 2015, em Portugal, no Teatro Viriato, como parte do Projeto K-Cena.

AS PALAVRAS DE JÓ
temporada: 30 de agosto, domingo, 19h, no teatro vila velha | R$ 40 e 20
texto: matéi visniec | direção: marcio meirelles | direção musical: joão milet meirelles

A partir de uma provocação do próprio autor da peça, o dramaturgo romeno Matéi Visniec, o encenador Marcio Meirelles aceita o desafio de subir ao palco, após 36 anos distante do trabalho de ator. No espetáculo, Jó - referência ao personagem bíblico que é testado a abandonar a fé em Deus - reafirma a sua crença no ser humano, apesar de todos os males. A peça tem direção de Meirelles; direção musical e trilha sonora executada ao vivo por João Milet Meirelles; arte gráfica de Lia Cunha; e projeções de Rafael Grilo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário