sexta-feira, 8 de maio de 2015

Teatro Vila Velha abre inscrições para oficinas de teatro para iniciantes


Mostra da Oficina de Teatro para Iniciantes, janeiro de 2015

O Teatro Vila Velha abre inscrições para oficinas de teatro para iniciantes, com três turmas voltadas para públicos de diferentes idades: jovens de 10 a 14 anos; de 14 a 18 anos; e adultos. O projeto Oficinas LIVRES do Teatro Vila Velha tem o objetivo de proporcionar experiências pontuais de formação em artes ao longo do ano - e surgiu a partir de demanda do público das tradicionais Oficinas Vila Verão. As inscrições podem ser feitas presencialmente, de segunda a sexta, das 14h às 18h, no Teatro Vila Velha.

Entre os cursos oferecidos, tem destaque a Oficina K-Cena, que integra o projeto lusófono de teatro jovem que vai trazer ao Brasil o diretor cabo-verdiano João Brancopara a montagem de um espetáculo inspirado no tema "medo", com jovens de 14 a 18 anos. A Oficina K-Cena começou a trabalhar no mês de março, sob orientação da diretora Chica Carelli, e abre vagas para a nova etapa de trabalhos com o diretor Bertho Filho, até a chegada de João Branco para a montagem.

As Oficinas LIVRES de Teatro Vila Velha proporcionam ainda o contato com as artes cênicas a jovens de 10 a 14 anos, em curso com duração de dois meses orientado pela professora e atriz Iana Nascimento, que tem início no dia 29 de maio e acontece às sextas-feiras. Já o público adulto que deseja fazer teatro tem a oportunidade de participar de oficina com a experiente atriz e diretora Zeca de Abreu - as aulas acontecem aos sábados, durante dois meses, e têm início no dia 23 de maio.

INFORMAÇÕES:

OFICINAS LIVRES DO TEATRO VILA VELHA
Inscrições: de segunda a sexta-feira, das 14h às 18h, no Teatro Vila Velha
Dúvidas e informações: (71) 3083-4600 ou www.teatrovilavelha.com.br

Oficina K-Cena
com Bertho Filho e João Branco (Cabo Verde)*
para jovens de 14 a 18 anos
Início: 27 de maio
Aulas: Segundas e quartas, 16h30 às 18h30
Duração: 3 meses
Investimento: R$ 200/mês 
* A oficina resultará na montagem de um espetáculo teatral


Teatro para Iniciantes
com Iana Nascimento
para jovens de 10 a 14 anos


Início: 29 de maio 
Aulas: Sextas-feiras, das 14h às 17h
Duração: 2 meses
Investimento: R$ 150/mês

Teatro pra Iniciantes
com Zeca de Abreu
para adultos


Início: 23 de maio 
Aulas: Sábados, das 16h às 19h
Duração: 2 meses
Investimento: R$ 250/mês


SINOPSES DAS OFICINAS:
OFICINA K-CENA (14 a 18 anos)
com Bertho Filho e João Branco


Esta oficina, voltada para jovens de 14 a 18 anos, tem como objetivo principal preparar os alunos para receber o diretor cabo-verdiano João Branco e o Projeto de Intercâmbio de Teatro Lusófono K-Cena, que resultará em uma montagem teatral, com estreia no final de agosto, no Teatro Vila Velha. Neste ano, o tema escolhido para o projeto é o "medo", que será trabalhado pelo diretor Bertho  Filho, não somente com jogos e improvisações, que resultarão na criação de cenas pertinentes ao universo e à inquietação dos alunos, mas também a partir de textos da dramaturgia nacional e internacional. Os encontros terão ainda aulas de música e dança e ensaios do espetáculo.

BERTHO FILHO: Ator, diretor teatral (Bacharel em Artes Cênicas - Universidade Federal da Bahia/UFBA.) e dramaturgo, produtor e preparador de atores para teatro e para o cinema. Como ator, trabalhou em filmes como Central do Brasil, de Walter Salles; Tieta, dirigido por Cacá Diegue; Eu me Lembro e O Homem Que Não Dormia, de Edgar Navarro. Na televisão, atuou em séries como Cama De Gato, direção geral de Ricardo Waddington (2010); Força Tarefa, de Jose Alvarenga Jr. (2010); Gabriela, direção de Núcleo de Roberto Talma (2012) - todas na Rede Globo. Como diretor, realizou as peças Noite, de Harold Pinter; O Balcão, de Jean Jenet; Navalha Na Carne, de Plínio Marcos; Os Rapazes Estão Chegando, de Vieira Neto; Balela; O Mala Nada na Lama; Câncer - as três últimas com texto de sua autoria. Como professor de teatro, acumula experiências na Escola de Teatro da UFBA, Escola de Teatro do Centro Universitário Cultura e Arte/UEFS, Espaço Cultural Yumara Rodrigues, Projeto Agente Jovem/UCSAL, Projeto de intercâmbio lusófono K-CENA, universidade LIVRE de teatro vila velha, entre outros.

JOÃO BRANCO:
 Encenador, atorprofessorprogramador e investigador de teatro. Com uma carreira de mais de 30 anos, já encenou mais de 50 espetáculos, a maioria em Cabo Verde, na cidade do Mindelo. É mentor e fundador do Grupo de Teatro do Centro Cultural Português, que inaugurou uma nova era no teatro da Ilha de S. Vicente, e também do Festival Internacional de Teatro Mindelact, hoje o maior evento de teatro de África lusófona. É mestre em Teatro, especialidade Encenação, na Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa e doutor em Comunicação, Cultura e Artes, pela Universidade do Algarve. 

TEATRO PARA INICIANTES (10 a 14 anos)
com Iana Nascimento

A oficina de Teatro tem como objetivo desenvolver a sensibilidade artística da criança, desenvolvendo habilidades para improvisar, experimentar os elementos do teatro e usar o corpo de forma expressiva. Realizaremos jogos teatrais, jogos dramáticos e exercícios que desenvolvam a ludicidade das crianças possibilitando assim a criação e o exercício da cena. Para isso utilizaremos textos conhecidos e criados pelas próprias crianças, imagens e adereços. Ao final da oficina teremos um resultado pratico.

IANA NASCIMENTO: Professora e atriz (DRT: 03810), formada em Licenciatura em Teatro pela Universidade Federal da Bahia – UFBA. Iniciou sua carreira artística em 2005 atuando em espetáculos voltados para o público infantil. Como arte- educadora ministra oficinas e aulas de teatro desde o ano de 2010. Atualmente é atriz da Universidade LIVRE do Teatro Vila Velha.

TEATRO PARA INICIANTES (adultos)
com Zeca de Abreu

A oficina tem por objetivo proporcionar aos participantes o primeiro contato com o fazer teatral, através de experiência que contenha os fundamentos desta linguagem. Faixa etária: a partir de 14 anos.Tornar o aluno um indivíduo com uma percepção mais ampla de si e do mundo em que vive, aguçando sua visão crítica e sua sensibilidade perante o mundo através de uma atitude mais harmoniosa e equilibrada em que os sentimentos, a imaginação e a razão se integram; em que os sentidos e os valores dados a vida são assumidos no agir cotidiano. Para tanto, serão aplicadas varias modalidades e estilos do jogo teatral. A proposta é descobrir as potencialidades de cada participante e utilizá-las teatralmente. Quando se perceber “atuando”, o aluno perceberá que sua capacidade criativa é inesgotável, necessitando apenas se adequadamente exercitada.

ZECA DE ABREU:
 Em seus 22 anos de carreira, tem em seu currículo como atriz várias peças de teatro, como O Homem Nu e suas Viagens, direção de Hebe Alves, Um Prato de Mingau para Helga Brown direção de Celso Jr., Volpone, de Fernando Guerreiro, e Espelho para Cegos, de Marcio Meirelles. No cinema marcou sua presença nos filmes Eu Me Lembro e O Homem que não dormia de Edgard Navarro, Cidade Baixa, de Sergio Machado, Depois da Chuva, de Claudio Marques e Marilia Hughes, e Irmã Dulce, de Vicente Amorim. Como diretora,  ganhou o prêmio Braskem de Teatro de melhor espetáculo infanto-juvenil, em 2003, com a peça H2O Uma Fórmula deamor. Dirigiu ainda Homem não entra: só se fizer um agrado, em 2004, e O que é, o que é? Começa com Carol e termina com Ina?, em 2007. Em 2013, dirigiu o espetáculo Destinatário Desconhecido, vencedor do Prêmio Braskem de Teatro 2013 na categoria melhor ator e indicado como melhor espetáculo e melhor direção. Em 2014, dirigiu Bonde dos Ratinhos, indicado ao Prêmio Braskem nas categorias especial (trilha sonora) e melhor espetáculo infanto-juvenil.

 
 O Teatro Vila Velha é gerido pela Sol Movimento da Cena e conta com o patrocínio da Petrobras e com o apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia através do Fundo de Cultura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário