sexta-feira, 14 de setembro de 2007

E A Outra não pára...


Depois da alegria de ter sido selecionada no edital da Funarte para a montagem de O pique dos índios ou espingarda de Caramuru (uma homenagem a Haydil Linhares), A Outra Companhia não pára.

Neste fim de semana encerra-se o bem sucedido projeto Troca-Troca no Nordeste que promoveu um intercâmbio cultural com grupos artísticos de todos os estados da região, além de oferecer diversas oficinas gratuitas de iniciação artística para o público soteropolitano. Nos dias 15 e 16 (sábado e domingo) o grupo de Samba Chula de Pitangueira (BA) e a Cia. de Danças Populares de Tuparetama (PE), convidados da última etapa do projeto, oferecerão duas oficinas: Pernambuco Multicultural, que trabalhará danças sobre perna de pau, e Descobrindo o Samba Chula, que terá como foco a difusão da manifestação popular do recôncavo baiano. As inscrições ainda estão abertas e podem ser feitas pelo e-mail: aoutra@gmail.com

Mas as atividades não param por aí. Encerrado o Troca-Troca o grupo volta à rotina de ensaios para re-estrear o primeiro espetáculo do seu repertório: Arlequim – Servidor de dois patrões. O espetáculo foi indicado ao Prêmio Braskem de Teatro (2004) e rendeu a Vinicio de Oliveira Oliveira o prêmio na categoria revelação.

A peça volta a cartaz a partir do dia 05 de Outubro, às 20:00 horas, no palco principal do Teatro Vila Velha, cheio de novidades. Além da renovação de parte do elenco a indumentária foi toda renovada e o figurino tem a assinatura de Luiz Santana. O texto clássico da commedia dell'art também sofreu alterações. A peça agora se passa em Salvador, os personagens de Turim são de São Paulo, e o trapalhão Arlequim é de Feira de Santana. Imaginem a confusão!

No mais está tudo igual. As extraordinária portas móveis compõem o cenário assinado por Lorena Torres Peixoto e a direção é de Vinicio de Oliveira Oliveira.

Venha torcer pelo reencontro de Florindo e Beatriz, pelo amor de Silvio e Clarisse, e pelas trapalhadas de Arlequim e Esmaraldina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário