segunda-feira, 16 de abril de 2007

A Dança Alemã sob o olhar de Ciane Fernandes

Na terça passada, dia 10, a platéia do Mês da Dança se movimentou com a palestra de Ciane Fernades aqui no Cabaré dos Novos. Depois da exibição do documentario sobre a trajetória da dança e das artes na Alemanha, entre 1900 até Pina Bausch, o público foi convidado a refeltir e debater sobre várias questões polêmicas a respeito do corpo em movimento nessa tão intrigante construção da dança contemporânea.


Ciane Fernandes - dançarina e especialista no assunto

Ciane Fernandes trouxe videos, citações, livros e muitas interrograções para uma platéia curiosa que com certeza saiu do Vila com a cabeça em movimento. Atores, músicos e dançarinos estiveram presentes, no total de 54 espectadores. A professora Maria Cândida Ferreira de Almeida, do Programa Multidisciplinar da Pós Garduação em Cultura e Sociedade da Universidade Federal da Bahia, trouxe os alunos da matéria Cultura e Experiência Estética para uma vivência extra classe.


Livros sobre dança, com textos de Ciane, divulgados na ocasião da palestra

O evento marcou a segunda edição do FalaVila especial do Mês da Dança, organizado pelo núcleo de dança do Teatro Vila Velha, a Cia. Viladança.


Notas sobre Fala Vila com Ciane Fernandes, da Professora Maria Candida

Uma reflexão sobre a dança na atualidade requer a compreensão dos termos que fundamentam um debate que está às vésperas de completar 100 anos: a multidisciplinaridade que pauta este fazer artístico; o desafio de pensar a arte a partir do corpo; lidar com as estruturas abertas, com as transições e os rastros de uma arte sem fixidez. São estes os caminhos que Ciane Fernandes propõe para tema tão pouco trabalhado pela crítica: a dança contemporânea, cuja complexidade de uso de linguagens exigiu um novo nome - artes do corpo - para que os limites de um rótulo impliquem em uma interpretação equivocada. Dia 10, podemos ver uma performance intelectual no palco, provocadora como devem ser tanto a fala teórica e quanto a atuação estética. Ciane Fernandes coloca todo isso em cena, a apresentação de tópicos teóricos pertinentes acompanhados de um gestual palestrante desconstruído pelo corpo que dança


O próximo Falavila acontece amanhã (17/04) e será sobre Processos Criativos e Improvisação, com as palestrantes Leda Muhana e Rosana Alves.

Vale a pena lembrar: a entrada é franca!

Nenhum comentário:

Postar um comentário