sábado, 2 de janeiro de 2016

Amostrão Vila Verão abre 2016 com dois espetáculos inéditos, uma reestreia e programação musical

Em sua 13ª edição, projeto realizado pelo Teatro Vila Velha apresenta pela primeira vez "7 contra Tebas" e "Através do Espelho e o que Alice por lá Encontrou" e reapresenta o clássico "Ó Paí, Ó!", todos com recurso de audiodescrição. Shows de Ângela Maria e projeto LARGO integram ainda a programação.

Tragédia grega "7 contra Tebas" marca conclusão da primeira turma da Universidade LIVRE

O Teatro Vila Velha abre o ano de 2016 com a 13ª edição doAmostrão Vila Verão, projeto que tradicionalmente movimenta a cena teatral soteropolitana durante os meses de janeiro e fevereiro. Serão apresentados, pela primeira vez, os espetáculos"7 contra Tebas", tragédia de Ésquilo, e "Através do Espelho e o que Alice por lá Encontrou", versão teatral para o romance de Lewis Caroll, realizados no âmbito da Universidade LIVRE de Teatro Vila Velha, sob direção do encenador Marcio Meirelles, além da reestreia de "Ó Paí, Ó!", um dos maiores sucessos doBando de Teatro Olodum. Todas as peças são acessíveis para cegos através de audiodescrição. O Amostrão conta ainda comprogramação musical às terças-feiras e mais de vinte atividades formativas dentro do projeto Oficinas Vila Verão.

O objetivo do Amostrão é diversificar a agenda cultural da cidade em um momento em que predominam festas e shows pré-carnavalescos, oferecendo ao público soteropolitano, e aos turistas que estão em Salvador, a possibilidade escolher ir ao teatro. A aposta tem dado certo - no último Amostrão, em 2015, as peças "Hamlet" e "Macbeth", de William Shakespeare, alcançaram no verão um público de 3 mil pessoas, número que superou a edição de 2014. Em 2016 as expectativas são positivas. "Já enfrentamos muitas crises e acreditamos que, para a crise, existe o teatro, que faz com que as pessoas se unam, pensem juntas sobre um mesmo tema, riam, chorem, discutam sobre o que está posto", diz Marcio Meirelles, diretor artístico do Teatro Vila Velha.

"Através do Espelho e o que Alice por lá Encontrou", de Lewiss Caroll, é dirigida por Marcio Meirelles

Além dos espetáculos teatrais, o Amostrão Vila Verão traz programação musical às terças-feiras. No dia 12 de janeiro, às 20h, acontece o LARGO, encontro de música expandida realizado pelos artistas Lia Cunha, Pedro Filho, João Milet Meirelles e Uru Pereira, que recebem como convidado desta edição o coreógrafo Leonardo França. Já no dia 19, às 20h, o palco do Vila recebe a lendária cantora Ângela Maria, que realiza em Salvador o show de lançamento da biografia "Ângela Maria – A eterna cantora do Brasil" (Ed. Record, 2015), onde participará de sessão de autógrafos e de um talk-show com o jornalista, biógrafo e produtor musical Rodrigo Faour, autor da obra.

O Amostrão Vila Verão conta ainda com mais de vinte atividades formativas dentro do projeto Oficinas Vila Verão. Entre os dias 9 e 31 de janeiro, oficinas de teatro, dança, música, audiovisual, circo, jardinagem, encadernação, entre outras, serão oferecidas ao público - as inscrições podem ser feitas no Teatro Vila Velha ou pelo site www.compreingressos.com/oficinasvilaverao2016

Antigo e Contemporâneo

Uma cidade sitiada, sob ameaças de invasão, e um governante que tenta a todo custo manter a ordem e a segurança da população. Esse é o mote da tragédia grega "7 Contra Tebas", escrita por Ésquilo e encenada em 467 a.C. A trama, criada há mais de 2.500 anos, pouco se distancia de fatos e sentimentos recentes do cenário político nacional e mundial. Na peça, os herdeiros de Édipo, rei de Tebas, lutam pelo poder e provocam o desespero das virgens suplicantes, que cantam a voz da cidade. Em cena, estão os atores da primeira turma da Universidade LIVRE de Teatro Vila Velha, que encerra com este espetáculo a sua formação, depois de três anos de trabalho e mais de 15 produções teatrais.

"Através do Espelho e o que Alice por lá Encontrou", clássico de Lewis Carroll escrito na sequência de "Aventuras de Alice no País das Maravilhas", narra as histórias da personagem que, movida pela curiosidade, decide atravessar o espelho da sala de sua casa e se depara com seres e acontecimentos inesperados. A encenação destaca as descobertas que surgem quando Alice confronta-se com o seu crescimento e a sua sexualidade. A montagem assume estética rock'n'roll, presente na trilha e efeitos sonoros, e encerra o primeiro ano de atividades da segunda turma da Universidade LIVRE - que já experimentou o palco nas peças do Projeto Matéi, em julho e agosto.

O clássico "Ó Paí, Ó!", um dos grandes sucessos do Bando de Teatro Olodum, foi montado pela primeira vez em 1992, mas permanece atual pela síntese que faz do modo de ser e sobreviver dos moradores e frequentadores do Pelourinho. Com versões no cinema e televisão, o espetáculo é pedido constante pelo público soteropolitano, e retorna para curta temporada durante os domingos do mês de janeiro, dentro do Amostrão Vila Verão.

Ó Paí, Ó!, do Bando de Teatro Olodum, é apresentada aos domingos


Acessibilidade

Todos os espetáculos do Amostrão Vila Verão serão acessíveis para pessoas com deficiência visual através de audiodescrição. O recurso de acessibilidade foi incorporado em maio de 2015 pela Universidade LIVRE, programa de formação do Teatro Vila Velha, depois de uma provocação feita em 2014 pelo Projeto Teatro para Sentir, realizado pelo Coletivo Diveersa. Desde então, graças a parceria com a ACESSU: Assessoria, Consultoria e Treinamento em Acessibilidade Universal, o Vila tem oferecido o recurso de audiodescrição em todas as produções teatrais próprias, através da capacitação dos próprios integrantes da Universidade LIVRE.

SERVIÇO:

7 Contra Tebas
8, 9, 15, 16, 22 e 23 de janeiro
19, 20, 26 e 27 de fevereiro
sextas e sábados, 20h
R$ 30 (inteira) e 15 (meia)
classificação indicativa: 12 anos
sessões com audiodescrição

Através do Espelho e o que Alice por lá Encontrou13, 14, 20 e 21 de janeiro
17, 18, 24 e 25 de fevereiro
quartas e quintas, 20h
R$ 30 (inteira) e 15 (meia)
classificação indicativa: 16 anos
sessões com audiodescrição
Ó Paí, Ó!10, 17 e 24 de janeiro
domingos, 19h
R$ 30 (inteira) e 15 (meia)
classificação indicativa: Livresessões com audiodescrição

LARGO
Encontro de Música Expandida
12 de janeiro, terça, 20h
R$ 10 (inteira) e 5 (meia)
classificação indicativa: Livre

Ângela Maria
Show de lançamento da biografia escrita por Rodrigo Faour
19 de janeiro, terça, 20h
R$ 100 (inteira) e 50 (meia)
classificação indicativa: Livre

Nenhum comentário:

Postar um comentário