quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Exposição relembra trajetória coreográfica de Cristina Castro para o Viladança

 
Andrea May e Pedro Gaudenz assinam projeto expográfico que reúne imagens de seis fotógrafos, músicas, recortes de jornais e peças de figurino.

foto Márcio Lima

De 30 de setembro a 22 de outubro, a exposição O Vila dança: retrospectiva das criações coreográficas de Cristina Castro poderá ser visitada, gratuitamente, de segunda a sexta das 14h às 19h e sábados e domingos das 18h às 21h, no Foyer do Teatro Vila Velha. Reunindo um amplo acervo que inclui fotografias de seis artistas, exemplares de figurinos e adereços, trechos de trilhas sonoras e clipagens, a exposição projetada por Andrea May e Pedro Gaudenz faz um apanhado de 12 espetáculos de Cristina Castro para o Núcleo Viladança, desde 1998 até 2012.

Pelas lentes de Márcio Lima, Vera Milliotti, João Meirelles, Rejane Carneiro, Lígia Rizério e da própria Cristina Castro, O Vila dança desvenda cenas de 200 e poucos megabytes de memória; Exposição Sumária; Hot; Sagração da Vida Toda; CO2 – cinco sentidos e um pouco de miragem; Hai Kai Baião; José Ulisses da Silva; Caçadores de Cabeças; Da Ponta da Língua à Ponta do Pé; Aroeira – com quantos nós se faz uma árvore; Habitat – Lat 13ºS Long 38º31’12”O e Muvuca.

Milton Nascimento, Jarbas Bittencourt, Ivan Bastos e João Meirelles são alguns dos músicos cujas composições originais formaram parte das trilhas sonoras de montagens de Cristina Castro para o Viladança. Trechos das músicas estarão disponíveis na exposição para quem quiser relembrar. Recortes de jornais desde o lançamento do grupo, em 1998, até sua última criação, Muvuca, em 2012, dão o toque final da retrospectiva. Além disso, adereços e figurinos assinados por Adriana Hitomi, Marcio Meirelles e Luiz Santana completam o projeto expográfico de Andrea May e Pedro Gaudenz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário