quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Anistia de Marighella

Teatro Vila Velha lotado

Foi declarada a anistia política do comunista baiano Carlos Marighella na tarde de segunda-feira (5), no Teatro Vila Velha, em Salvador.

Se fosse vivo, o comunista assassinado pelo Regime Militar completaria cem anos hoje. Muito emocionada durante a cerimônia, a companheira de Marighella, Clara Charf, falou da importância da anistia para ela e a família. "Ele sempre deu a vida para mudar a situação do país. Acho que isso é um reconhecimento do povo baiano", disse.

O ex-deputado do Partido Comunista do Brasil e um dos principais opositores da ditadura militar brasileira, Carlos Marighella, é o homenageado da 53ª Caravana da Anistia, projeto do Ministério da Justiça. "É um testemunho de reconhecimento. Estamos muito felizes, honrados, por tudo o que nos dedicamos como familiares, é fruto de persistência", conta o filho, Carlos Augusto Marighella.

Atores do Bando de Teatro Olodum e d'A Outra Cia de Teatro

A apresentação contou com a participação de atores do Bando de Teatro Olodum e d'A Outra Cia de Teatro.


Veja mais aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário