quarta-feira, 9 de maio de 2007

O Vilavox põe o pé na estrada


Novo elenco de Canteiros de Rosa estreou em Aracaju

O grupo residente da vez a enfiar o pé na estrada foi o Vilavox. No primeiro fim de semana de maio, o grupo levou seu espetáculo Canteiros de Rosa – uma homenagem a Guimarães até Aracaju, primeira etapa da Caravana Funarte Petrobras de Teatro. Foram duas apresentações no tradicional Teatro Atheneu, que tem capacidade para 900 pessoas. A estréia das viagens foi também a estréia do novo elenco, que teve que mostrar afinação não só em cena, mas ainda na trabalhosa montagem do cenário, todo estruturado em andaimes. Afinal, em viagem, todo mundo é ator, produtor, cenotécnico, contra-regra, ensaiador, assessor de imprensa...

O grupo ainda realizou uma oficina para artistas locais, que foi absoluto sucesso. Ávidos por novidades, os estudantes e grupos de teatro que apareceram no sábado de manhã cedinho estavam animados. Em três horas, todo mundo improvisou, selecionou e montou uma pequena cena, baseada num conto de Guimarães Rosa, conhecendo um pouco mais da linguagem do Vilavox. Ficou um gostinho de quero mais, e já há promessas de novos contatos com o pessoal da cidade.





Oficina com muita empolgação e suor



O grupo encerrou a temporada de Primeiro de Abril nesta quarta feira, e se prepara para a próxima parada: Alagoinhas, dias18, 19 e 20 de maio. E, até o final do semestre tem Natal, Mossoró, Maceió e Recife.


Canteiros de Rosa no Atheneu

No final, deu tudo certo, com a valiosíssima presteza do grande Marcio Pimentel, iluminador do Vila, do produtor internacional Hector Briones (emprestado da CTN), da disposição física dos meninos do elenco e também de Zé, motorista da van, que, coitado, acabou um “caso” que ele nem sabia que tinha começado...

Jacyan Castilho

2 comentários:

  1. Daniel Farias9/5/07 16:14

    belas fotos hein?! a máquina deve ter uma boa angulação...

    ResponderExcluir
  2. Amael Oliveira11/5/07 08:42

    Eita coisa boa! Participei da oficina do grupo e vi a peça. Sucesso total aqui em Aracaju. Em tudo ficou a doce vontade de retorno, de viver de novo os personagens mágicos do Guimarães Rosa.
    Valeu mesmo e muito mais sucesso pra vocês no decorrer da caravana.

    ResponderExcluir