quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Diretor português e ator baiano preparam espetáculo sobre Candomblé

Carlos Nicolau Antunes e Nando Zâmbia levarão ao palco experiências vividas em Portugal, Moçambique e Brasil. Em Salvador em janeiro, a dupla ministra oficinas abertas ao público relacionadas ao processo de criação.


O professor e diretor português Carlos Nicolau Antunes está em Salvador para a primeira etapa de pesquisas que vai resultar em um espetáculo dedicado ao Candomblé. Ao lado do ator baiano Nando Zâmbia, o artista realiza intercâmbio com artistas locais e visita terreiros de Candomblé para aprofundar-se no tema. O extenso processo de pesquisa segue com a viagem da dupla a Lisboa e, em seguida, a Moçambique, para depois levar as experiências ao palco, em espetáculo que estreia em 2016.


Em Salvador durante o mês de janeiro, os dois artistas ministram oficinas que se relacionam ao processo de pesquisa, com inscrições abertas ao público no Teatro Vila Velha, dentro do projeto Oficinas Vila Verão. Carlos Nicolau Antunes ministra o workshop "Um ponto de vista sobre os Viewpoints" (de 17 a 25/01, sábados e domingos, 10h às 13h30 e 15h às 18h30) para atores e dançarinos experientes sobre a técnica Viewpoints, uma das ferramentas de criação e improvisação que serão utilizadas na montagem. Já Nando Zâmbia realiza para o público geral a oficina "Ará Izô - Corpo que Queima" (15 a 29/01, terças e quintas, 14h30 às 17h30), que trabalha o corpo e a voz do ator/participante a partir da dança dos orixás. As inscrições nas oficinas acontecem de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, no Teatro Vila Velha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário