terça-feira, 7 de abril de 2009

Ler é Poder


O ator Lázaro Ramos esteve no Ministério da Cultura, no ultimo dia 6, para apresentar o projeto Ler é Poder, que desenvolve aqui em Salvador desde novembro de 2007. O objetivo do encontro foi estabelecer uma parceria entre o projeto do ator e o Mais Cultura, que visa realizar ações de incentivo à leitura que o Programa já desenvolve no país, como ampliação de bibliotecas públicas e os pontos de leitura.

O Ler é Poder organiza bibliotecas comunitárias em bairros carentes da capital, a fim de promover o incentivo à leitura visando a transformação e desenvolvimento da capacidade crítica e criativa, do resgate da cidadania, do desenvolvimento da auto-estima e da integração social de crianças, jovens e adultos.

Segundo Lázaro Ramos, já foram implantados cinco Centros de Leitura em diferentes bairros da capital baiana. “Neles são desenvolvidas atividades que estimulam a leitura, promovemos o lançamento de livros de autores oriundos de áreas na periferia”, exemplifica o ator. Outras atividades acontecem no local, como empréstimo de livros, rodas de leitura, encontro de personalidades do meio artístico e/ou cultural com a comunidade, encontro com escritores, oficinas de leitura, de criação literária, etc.

Ficou definido que outros encontros acontecerão como uma visita à cidade natal do ator, Ilha de Pati, para verificar possibilidade de instalar lá um Espaço Mais Cultura, ação que reúne em um mesmo local várias iniciativas desenvolvidas pelo Programa. A coordenadora executiva do Programa, Silvana Meireles, concluiu que “o projeto de Lázaro Ramos está afinado com os princípios do Mais Cultura, que é dar acesso à população oriunda das classes C, D e E. Seu projeto vai além do estímulo à leitura e, portanto, essa iniciativa deve ser ampliada”. Lázaro Ramos comemorou o interesse do Governo Federal pela iniciativa. “É muito bom poder ter o olho do Ministério da Cultura reconhecendo e incentivando iniciativas de pessoas físicas, como é a nossa”, disse ele.

Saiba mais sobre o Programa Mais Cultura.





Mércia Araújo
Nucom
com ajuda do Plug Cultura

Nenhum comentário:

Postar um comentário