terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Exposição JANGO: UMA TRAGÉDYA ocupa o Teatro Vila Velha

Fotos do espetáculo de mesmo nome, vídeos, imagens, textos e uma instalação formada por lambe-lambes tomarão o foyer, corredores e paredes do histórico espaço cultural baiano  

Foto: Thamires Tavares 

Divididas em painéis plotados nas paredes do teatro, que contam a história de dois personagens emblemáticos da história e cultura brasileiras – e até mesmo internacional – a Exposição JANGO: UMA TRAGÉDYA apresenta cartas escritas pelo cineasta baiano Glauber Rocha (1939 – 1981), imagens de figuras históricas citadas na única peça escrita pelo artista, como Carmem Miranda, Miguel Arraes, Elizabeth Taylor e Leonel Brizola; assim como situações políticas dos governos do ex-presidente João Goulart (1918 – 1976) e uma linha do tempo sobre esses acontecimentos históricos, que destaca, inclusive, o Golpe que instalou a Ditadura Militar no Brasil.
Num processo de criação conjunta, a produção, execução e montagem da exposição é do Núcleo Vila de Taipa, formado pelo diretor teatral Márcio Meirelles, o cenógrafo Erick Saboya e os assistentes de cenografia Camila Castro, Lia Nascimento e Renato Lessa.

“Será uma experiência enriquecedora para todos que forem assistir ao espetáculo, pois terão um conhecimento ainda mais amplo sobre todo processo de criação do espetáculo e desse projeto. Poderão entender melhor as personagens que são inseridas na trama, que mistura figuras históricas da época de Jango com personagens fictícias criadas para enriquecer a dramaturgia. Dessa forma, é possível situar-se com mais clareza sobre os acontecimentos que influenciaram Glauber Rocha desenvolver a peça”, explica Erick Saboya.  

Exposição JANGO: UMA TRAGÉDYA
Local: Teatro Vila Velha - Passeio Público, S/N, Campo Grande - Salvador - BA
Data: de 20/12 a 28/01/2018
Classificação: Livre
Entrada franca
Informações: (71) 3083-4600

Nenhum comentário:

Postar um comentário