sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Pesquisadoras debatem neste sábado, a partir das 14h, o tema "Brincando com Artes e Tecnologias".


A 10ª edição do VILERÊ convida o público para o bate-papo “Brincando com artes e tecnologias”, com a participação de Beth Rangel, gestora cultural e professora da Escola de Dança da UFBA; Lynn Alves, professora da Universidade do Estado da Bahia, atua em pesquisas em jogos eletrônicos, interatividade e educação; e Karina Menezes, mãe do Ian, professora da Faculdade de Educação da UFBA e integrante do Raul Hacker Club. A conversa, aberta ao público, acontece no Teatro Vila Velha, no dia 7 de outubro, sábado, às 14h.

Para instigar o público, a produção do evento selecionou alguns trechos dos textos enviados pelas pesquisadoras. São estas abordagens que vão dar o tom do bate-papo. Imperdível!

Para Beth Rangel, “A arte como uma tecnologia educacional torna-se elemento estratégico e estruturante para a configuração de novas formas de se fazer-sentir-pensar em processos criativos e educativos com relevos sociais e culturais, atuando como atrator de campos e redes de conhecimentos.
Reconhecendo a complexidade da realidade posta e da expectativa de uma educação integral, trago a arte como tecnologia educacional, agindo como elemento “convocante”, como estratégia metodológica e como princípio organizador de um fazer/sentir/pensar do ato pedagógico.”

Lynn Alves preparou sua fala para o Vilerê baseada na ideia de que “a infância contemporânea vem sendo mediada pelas tecnologias digitais e da Web que vêm atuando na Zona de Desenvolvimento Proximal (VYGOTSKY, 1999) das crianças, criando novas formas de brincar que podem potencializar a criatividade e autoria destes sujeitos. Minha participação nessa mesa objetiva apresentar e discutir os ambientes interativos nos quais as crianças estão imersas e que através desse brincar digital vem estimulando as funções executivas destes sujeitos, mas também enfatizar a importância da mediação dos adultos nessas novas formas de brincar.”


Completando esta mesa espetacular, Karina Menezes reforça, ela mesma, o convite para este sábado, 07 de out, 14h, no Vila Velha.

“Houve um tempo em que apenas os adultos usavam as tecnologias da casa: o rádio, a televisão, o telefone... houve um tempo em que apenas as crianças traquinas mexiam nesses aparelhos, fazendo isso escondidas para não levar bronca. Agora, temos celulares e tablets por todos os lados, música, vídeos, redes sociais estão a um polegar de distância e as crianças agora ajudam os adultos e encontrar os canais na televisão. E elas fazem isso brincando! Vivemos tempos de convergência tecnológica e também convergência de gerações através das tecnologias. Observamos e criamos novos caminhos para as expressões humanas: as artes, as ciências, as educações. E diante de tudo isso, percebemos que não apenas as crianças brincam, mas os adultos também! Possibilidades muitas, desafios vários. Vamos falar sobre isso?”

Vamos :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário