terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Casa Aberta


Criado para dar oportunidade e visibilidade a novas pesquisas coreográficas, o projeto Casa Aberta estreou em 2008 com a participação de 40 profissionais e sucesso absoluto de público.
Um ano depois, sob a coordenação do ator Ricardo Fagundes, o projeto já se configura como mais um espaço para a dança da Bahia, onde dançarinos e coreógrafos de diferentes vertentes, desde profissionais, estudantes e grupos de rua, apresentam seus trabalhos na programação especial MÊS DA DANÇA NO VILA, em abril.

Premiado pelo Edital BNB de Cultura – Edição 2009, o Casa Aberta anuncia boas novas como a extensão para 3 dias de programação - dias 07, 14 e 21 de abril, e a possibilidade de mais trabalhos serem apresentados, somando ao todo 15 coreografias para a edição 2009.

As inscrições para a seleção já se encontram abertas.

Poderão se inscrever solos, duos, trios ou trabalhos de grupos de qualquer estilo de dança, como dança contemporânea, dança-teatro, hip hop, clássico, capoeira, performances, entre outras, com até quinze minutos de duração e concepções de luz e cenário adaptáveis.

Os interessados devem enviar suas propostas ao TEATRO VILA VELHA, aos cuidados de Ricardo Fagundes / Cia Viladança, contendo release, ficha técnica, rider técnico, fotos e DVD.
O resultado será divulgado na primeira quinzena do mês de MARÇO, pela internet, no endereço www.teatrovilavelha.com.br/blog.

- Casa Aberta

O projeto Casa Aberta é uma das ações do Núcleo de Dança do Teatro Vila Velha/Viladança e integra o MÊS DA DANÇA NO VILA, programação que acontece há dois anos no Teatro Vila Velha, combinando espetáculos locais, nacionais e internacionais, mesas-redondas, oficinas e vídeos, para celebrar e difundir a dança em suas variadas vertentes. A comemoração do MÊS DA DANÇA NO VILA insere Salvador na agenda de eventos que, ao redor do mundo, se voltam para o Dia Internacional da Dança, 29 de Abril, instituído pela UNESCO com objetivo de promover a linguagem da dança.

O Casa Aberta consiste na realização de uma mostra diversa da dança, reunindo criações de intérpretes e coreógrafos baianos. O projeto promove um novo espaço para a investigação e experimentação estética, apresentando a cada noite, 04 trabalhos no palco principal e 01 performance nos outros espaços do teatro: Cabaré dos Novos, Foyer ou área externa.
O projeto disponibiliza, aos artistas participantes da programação, a divulgação, pauta do teatro, equipe e infra-estrutura técnica necessária a realização dos trabalhos, sendo a bilheteria do dia dividida entre os participantes.


Mais informações : Ricardo Fagundes - Coodenador do Casa Aberta

ricardofagundes@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário