segunda-feira, 4 de abril de 2011

O pássaro do Molière


Um tango soou, a cortina se abriu e um pássaro alçou vôo pelo Teatro Molière. Fazia parte do espetáculo? Com certeza! O pássaro Luis Arrieta iniciou sua jornada migratória e presenteou o público com sua mais madura dança.

“Tango aDeus” apresenta, no release, a seguinte descrição: “Arrieta procura revelar em seu solo o tango não apenas como a tradicional dança portenha, mas como linguagem intrínseca à alma da sua Buenos Aires e do sentir profundo do homem urbano.”

Diante da leitura prévia, o público cria expectativas conduzidas pelas palavras do programa mas, no decorrer do espetáculo, o artista nos surpreende em sua viagem que, recheada de imagens, metáforas e relações possíveis com a trajetória criativa passada e presente, nos joga a um lugar de estar junto dele, de seguir juntando os pedaços da vida e os rearranjar.

O palco não tem limite, é corda-bamba, é milonga, é sonho, é infinito, é passagem... os longilíneos braços tornam-se asas e ele voa. Bons ventos sopram neste Abril de VivaDança. Obrigada Arrieta!!!

Gilsamara Moura

*Gilsamara Moura assistiu ao espetáculo "Tango a Deus" no sábado (02/04), no Teatro Molière, e entregou este texto a Luis Arrieta no domingo (03/04).

Nenhum comentário:

Postar um comentário