segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Vamos torcer: Bando concorre em 4 categorias no prêmio Braskem

foto: João Meirelles

"Bença", o espectáculo dirigido por Márcio Meirelles que comemora os 20 anos da companhia de Salvador da Bahia, obteve quatro nomeações para o Prémio Brasken de Teatro, nas categorias direcção, espectáculo adulto e especial (direcção musical, de Jarbas Bittencourt, e coreografia, de Zebrinha).

"Bença" estreou no início de Novembro no Teatro Vila Velha, em Salvador, e assume a proposta de "resgatar a memória cultural do povo". Em cena, 19 actores e dois músicos contracenam com imagens em vídeo de várias "figuras emblemáticas e guardiãs da cultura popular" da Bahia, como Bule-Bule, Cacau do Pandeiro, D.Denir, Ebomi Cici, Makota Valdina e mãe Hilza. Com uma forte componente musical e coreográfica, o espectáculo "trata a passagem do tempo como algo construtivo e enriquecedor", através de "uma linguagem contemporânea e não linear". Márcio Meirelles, actualmente Secretário de Cultura da Bahia, regressa à encenação, quatro anos depois, para celebrar o vigésimo aniversário do Bando de Teatro Olodum.

O Prémio Braskem (empresa da área da petroquímica) é atribuído há 17 anos e visa distinguir o melhor teatro que se faz na Bahia. A lista de nomeados em relação à temporada de 2010 foi divulgada no final de Dezembro e integra ainda as categorias actor, actriz, texto, revelação e espectáculo infanto-juvenil. Armindo Bião (pelo texto "A gente canta Padilha") e os espectáculos "Pólvora e Poesia" (de Fernando Guerreiro) e "Dois Perdidos numa noite suja" (dirigido por José Jackson) são alguns dos restantes nomeados.


Bença concorre nas seguintes categorias:
Melhor espetáculo
Direção: Marcio Meirelles
Categoria especial - coreografia: Zebrinha
Categoria especial - trilha sonora - Jarbas Bittencourt

no site do Teatro você pode ver a lista completa das indicações: http://www.teatrovilavelha.com.br/noticias-gerais/198-braskem-2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário