sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Não deu pra quem quis


Hoje, quando cheguei no Teatro um pouco depois do horário habitual, encontrei com Júnior, d'A Outra, conversando com duas meninas e fazendo cara de "sinto muito". Elas queriam se inscrever na Oficina de Ténicas Teatrais d'A Outra Companhia de Teatro. Júnior explicava que as vagas estavam todas preenchidas. 20.

Amanhã de manhã começa a o estica, corre, pula, cara-de-leão, cara-de-limão, etc.

Essa era a oficina para quem já teve algum contato com teatro. Daí aparecem os que tiveram algum contato, os que tiveram muito contato, mas estão parados e querem se desenferrujar, e eventualmente escapa um ou outro que só fazia imitar os colega na escola e faz um muxoxo pra entrar, e os oficineiros acabam deixando.

Se você ainda se interessa em ter algum contato com teatro, ver como é, suar a camisa e experimentar, não dessa vez, mas tem de novo. Aqui, ó:



Daí, dessa vez, chega mais cedo, e garante a vaga.

Camilo Fróes

Nenhum comentário:

Postar um comentário