quinta-feira, 28 de agosto de 2008

É agora ou nunca!



Pois é, quem deixou para assistir o espetáculo Labirintos na última hora, vai ter que apelar para a pontualidade e chegar cedo. Essa é a última semana de apresentações do espetáculo, que tem um caráter itinerante e experimental, a serviço de reviver a história do mito de Teseu, Dédalo e Ícaro. A mais nova montagem do Vilavox encerra neste domingo a sua bem sucedida temporada, conquistando público mesmo em noites chuvosas (sim, porque vale informar que a peça começa do lado de fora, percorrendo o Passeio Público).

Uma dica: é bom deixar de lado o pensamento "hum...tô com preguiça, hoje, vou esperar a peça voltar a cartaz". Isso porque as probabilidades de Labirintos voltar a cartaz são bem pequenas. (mesmo com o retorno positivo do público, mesmo com gente voltando para casa por conta dos ingressos esgotados em algumas noites...). A peça envolve uma certa reconfiguração do espaço do Vila, que é todo transformado em espaço cênico: Cabaré, Palcão, corredores, escadas, cantinhos, entradas de camarim. Essa disponibilidade toda numa usina que tem seis grupos residentes, sem contar todos os espetáculos que vem de fora e ocupam a pauta da casa, é algo bem raro. Além disso, a peça envolve um número grande de profissionais: atores, músicos, equipe de iluminação, equipe de cenografia, equipe de contra-regragem. Conciliar tanta gente, sem recursos financeiros (sim, porque esse espetáculo, como alguns outros de nossa terra, foi produzido na raça, sem nenhum patrocínio, salvo os bem vindos apoios da Espaço Dez Academia, Phisiopilates, Vile Parafinas e Essências, Fundação Internacional de Capoeira Angola, Déo Carvalho, Fundação Cultural do Estado da Bahia.

Quem quiser se perder nesses caminhos; se achar, rir e se emocionar com a história desses mitos gregos com sotaque baiano, tem que chegar cedo! O espetáculo tá rolando de sexta a domingo, às 20h, mas a bilheteria abre desde às 19h. Ganha quem chegar primeiro!

Tá dado o recado!
Apareçam!



Toma, Teseu!


. . : Labirintos - FIM DE TEMPORADA - sexta, sábado e domingo - 20h.
Passeio Público, Foyer, Cabaré e Palco Principal. r$ 20/10

Um comentário:

  1. Surpreendente espetáculo, com interpretes muito bons e um trabalho de dramaturgia excelente.Contrariamente ao que se pensa pode ser adaptado para outros espaços (quais? não saberia dizer agora) mas poderia ser até no pátio da escola ou no Campus, ou no Solar do Unhão, ou no MAB, ou no Museu de Arte Sacra, sei lá! Mas vale a pena o VilaVox guardá-lo no seu repertório. BRavos!

    ResponderExcluir