quinta-feira, 3 de abril de 2008

Internos do sistema penitenciário assistem abertura do Mês da Dança no Vila


A noite de abertura do Mês da Dança no Vila, HOJE, dia 04 de abril, é reservada para convidados muito especiais. Numa iniciativa inédita do Núcleo de Dança do Teatro Vila Velha, um total de 100 internos do sistema penitenciário (divididos entre homens e mulheres), assistirão à apresentação do espetáculo Aroeira – com quantos nós se faz uma árvore, da Cia Viladança. A ação será viabilizada através de uma parceria com Secretaria da Justiça, Cidadania e dos Direitos Humanos (SJCDH) e Secretaria Especial dos Direitos Humanos (ligada à Presidência da República), com participação da Secretaria de Segurança Pública e da Secretaria do Desenvolvimento Social.

"Prosseguimos com nosso trabalho de formação de platéia", explica Cristina Castro, diretora da Cia Viladança e do Núcleo de Dança do Vila Velha. Nas temporadas de outros espetáculos, a companhia já convidou platéias especiais, como idosos, crianças e adultos que nunca tinham ido ao teatro, vendedores de cafezinho, cabelereiros, entre outros grupos.

Dentro desta programação, em que haverá também uma mesa-redonda aberta ao público abordando o tema Corpo, Violência e Arte, é um momento oportuno para levar ao teatro pessoas envolvidas em conflito com a lei, expandindo o universo da platéia para a arte. Escolhemos apresentar Aroeira para receber este público especial, porque trata-se de um dos nossos espetáculos mais singelos", comenta Cristina Castro.

A platéia especial contará ainda com a presença de autoridades civis e militares, além de artistas ligados ao Teatro Vila Velha.

INFORMAÇÕES E PROMOÇÕES:
www.teatrovilavelha.com.br/mesdadanca

Nenhum comentário:

Postar um comentário