terça-feira, 29 de janeiro de 2008

A pauta esquecida da cultura


Confira no site Cultura e Mercado, textos interessantes sobre Jornalismo Cultural. Acesse: www.culturaemercado.com.br

*****

O boletim desta semana traz um especial sobre o Jornalismo Cultural em Pauta, tema debatido por Cultura e Mercado segundo o edital CULTURA E PENSAMENTO do Ministério da Cultura. Publicamos mais 4 artigos, além de um aprofundamento do questionamento sobre o tema apresentado no Forum.

No primeiro artigo, "Jornalismo cultural como exercício crítico", Célia Mota fala do exercício crítico por excelência. Os jornalistas abriram mão da função crítica e, por isso, tornaram-se apenas porta-vozes da indústria cultural.

Em "O Jornalismo cultural contra a comunicação", Daisi Vogel especula sobre a fluência cada vez mais intensificada e acelerada das informações. Os dados e informações se sucedem em quantidade e rapidez tamanha, que nada mais surpreende efetivamente, nada detém, nada contra-inclina para algum movimento reflexivo.

Em "Cidadania digital e imprensa", Sérgio Amadeu apresenta como a articulação de pessoas para as práticas colaborativas cria nuvens abertas de acesso e conexão, que se desdobra em fenômenos de solidariedade ciberespacial e que estão recolocando a cidadania no cenário digital.

Por fim, em "Amazônia, assimetrias e comunicação Narciso Freire Lobo" aborda a sociedade em rede, que tanto pode aprofundar as desigualdades e as diferenças no acesso, como pode fazer emergir possibilidades inusitadas, que, se bem aproveitadas, quebram velhos paradigmas das sociedades puramente territorializadas.

Na Tribuna, Almandrade discute como, no ambiente urbano, o espetáculo é sempre o alvo das denominadas políticas culturais que desconhecem o processo do fazer cultural e as questões mais evidentes, como a diversidade, a conservação e a transformação das linguagens artísticas e suas leituras. Boas leituras a todos!

Cultura e Mercado

Nenhum comentário:

Postar um comentário