terça-feira, 20 de maio de 2008

Um RedeMoinho em pleno movimento

Criado em dezembro de 2004 na sede do Grupo Galpão, em Belo Horizonte, o Movimento Teatral Redemoinho ganha corpo e se mostra como importante interlocutor na discussão das políticas públicas para o teatro, com seus mais de 60 grupos espalhados por 11 estados do país.

Num momento em que todos os grandes jornais do país abrem espaço para discussões antes muito pouco aprofundadas acerca dos mecanismos de fomento ao teatro, o Redemoinho coloca-se como um interlocutor capaz de dialogar com firmeza na defesa de uma política pública abrangente e mais democrática para a área.

Depois de apresentar a proposta de Lei Federal Programa de Fomento ao Teatro Brasileiro ao Senado Federal e de participar de reuniões com o Ministro Interino da Cultura Juca Ferreira e com diversos senadores e deputados, com o intuito de fazer tramitar esta lei dentro da Comissão de educação, cultura, ciência e tecnologia, comunicação e esporte, a mesma que há pouco tempo recebeu dos artistas globais a tão questionada Lei Geral do Teatro, o Movimento foi convocado para uma reunião com a FUNARTE, no Rio de Janeiro.

Viajam ao Rio os Conselheiros Tânia Farias (Porto Alegre, RS), Fernando Yamamoto (Natal, RN), Zé Fernando (São Paulo , SP) e Marcelo Bones, (Belo Horizonte, MG); e o secretário Gordo Neto (Salvador, BA).

As reverberações do Redemoinho em Salvador já podem ser sentidas e são palpáveis: incentivada pelo Movimento, uma proposta de Lei de Fomento às Artes Cênicas do Estado da Bahia foi formatada por grupos, artistas e entidades representativas e entregue ao deputado Zé Neto (PT-BA), no dia 26 de março. O gabinete do deputado promoverá, no início de junho, um painel que discutirá a Proposta de Lei, com a participação de políticos e artistas.

Já nos dias 08, 09 e 10 de dezembro de 2008, o Teatro vila Velha recebe o 5º Encontro Nacional Redemoinho, com a participação de mais de 60 representantes dos maiores grupos de teatro do Brasil.


Contatos:

Gordo Neto - 3083 4000 e 88432137

Nenhum comentário:

Postar um comentário