sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Áfricas, do Bando de Teatro Olodum, é a próxima atração do Domingo no TCA



No próximo dia 17/10, o Bando de Teatro Olodum vai apresentar o espetáculo Áfricas no Teatro Castro Alves, dentro da programação do projeto Domingo no TCA. Buscando sempre destacar a produção cultural baiana, o projeto acontece uma vez por mês nas manhãs de domingo, ao valor simbólico de R$ 1 e 0,50. Os ingressos baratos do projeto têm dado oportunidade para que uma parcela do público baiano que nunca havia pisado antes na Sala Principal do Teatro Castro Alves conheça pela primeira vez o complexo e desfrute de espetáculos de qualidade.

Áfricas é o espetáculo com temática infanto-juvenil do Bando de Teatro Olodum e traz à cena o continente africano, através da sua história, povo, mitos e religiosidade. A peça aborda o universo mítico africano em uma tentativa de suprir a escassez de referênciais africanos no imaginário infantil. Assim, desfilam no palco personagens que revelam o modo de ser do povo africano, as formas de se relacionar com a natureza e com o sagrado e os traços que unem o Brasil, em especial a Bahia, ao continente negro.

"Áfricas é o nosso xodó, nosso espetáculo caçula, que estreou em 2007. Com ele já nos apresentamos no Espírito Santo, em São Paulo, no Rio de Janeiro e sempre apresentar na nossa terra é muito bom. Este ano pudemos apresentar para escolas dentro do projeto Outras Áfricas e com o Domingo no TCA vamos para um palco maior, em um espaço que cabem 1600 pessoas, com tudo maior e ainda dentro da comemoração dos nossos 20 anos de atividade. É uma oportunidade muito legal de apresentarmos mais esse continente que está tão introjetado em nós", conta a atriz do Bando Auristela Sá.

Dirigido por Chica Carelli, fundadora do Bando de Teatro Olodum, Áfricas possui, além dos atores, um time de profissionais carimbados, como o coreógrafo Zebrinha, o diretor musical Jarbas Bittencourt, que criou músicas especiais para o espetáculo, os iluminadores Rivaldo Rio e Fábio Espírito Santo e Zuarte Júnior, responsável pelo figurino e adereços, com muitas cores e elementos do cotidiano africano.

Um comentário:

  1. Eu indico muuuuito esta peça!
    Vi quando estava no Vila e me surpreendi, tudo lindo!
    E o projeto do TCA de domingo é bastante organizado, bem legal e popularizou o teatro bastante!

    ResponderExcluir