quarta-feira, 3 de junho de 2009

Tempête se despede de Salvador


O Espetáculo franco-brasileiro Tempête à 13°sud, entra na sua última semana despedindo-se de Salvador. Em curtíssima temporada no Brasil, a peça que foi inspirada no texto “A Tempestade”, do dramaturgo inglês William Shakespeare, é uma montagem da Companhia Kastor Agile, de Lyon, dirigida pelo francês Gilles Pastor, faz suas últimas apresentações de 04 a 07 de junho no Teatro Martins Gonçalves, da Escola de Teatro da UFBA (Canela), sempre às 20h, com ingressos a R$ 10 e R$ 20.

Tempête à 13°sud, faz parte do projeto França.Br, o Ano da França no Brasil, evento realizado em reciprocidade ao Ano do Brasil na França, em 2005, tendo como principal articuladora a Secult-Ba, que está disponibilizando R$ 1,2 milhões via Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

Ambientar o espetáculo em Salvador - que se localiza geograficamente na latitude à 13°sul - foi uma idéia que o diretor Gilles Pastor teve quando veio pra Salvador em 2007, onde viveu e estudou por três meses o sincretismo e a transe através do Candomblé, como reencontro do catolicismo com as religiões afro-brasileiras.

Toda essa influência justifica a produção de um espetáculo de imagens inspirado na realidade urbana de Salvador, suas formas de culto e sincretismos religiosos e culturais, em uma leitura pessoal. A montagem também é composta por uma equipe de músicos e técnicos, brasileiros e franceses trabalhando em cooperação.


Tempête

Teatro Martins Gonçalves (UFBA - Canela)

04 a 07 de junho , sempre às 20h

R$ 20 e R$ 10.

Nenhum comentário:

Postar um comentário