sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Vida de artista é difícil




Na última quarta-feira aconteceu um caso, no mínimo, inusitado. Por volta de 22 horas, horário em que geralmente ocorre a dispersão dos artistas e o retorno para casa, um grupo de atores saídos dos ensaios do Bando de Teatro Olodum e d’A Outra Companhia caminhava em direção à saída do passeio público.

De repente, sem quê nem pra quê, São Pedro mandou dos céus uma chuva quase torrencial. Sem exagero! Nem sequer chuviscou. Foi o aguaceiro de uma só vez.

Entre a dúvida de seguir o caminho rumo ao ponto de ônibus e voltar para o Vila, a galera optou por passar a chuva embaixo de um caminhão parado na saída do passeio.

Enquanto Ridson Reis, Robson Mauro, Elane Nascimento, Rejane Maia, Eddy Veríssimo e Nei dos Santos faziam pose e piada da situação eu (Roquildes Junior) e Fábio Santana nos dividíamos embaixo do guarda-chuva para registrar o momento.

3 comentários:

  1. há,há,há há , queria eu esta ai .....só para rir e torcer p/ ninguém salta uma bulfa. há há há.

    ResponderExcluir
  2. hehehehehe
    muito bom!

    ResponderExcluir
  3. só faltou a rede e o arroz de carreteiro....hehehehehe
    Parabéns a eles pelo bo humor!!!

    ResponderExcluir