sexta-feira, 30 de março de 2007

Basirah abre o Mês da Dança no Vila


De água e sal - grupo Basirah
Foto: Mila Petrillo

Começa hoje à noite a programação intensa do Mês da Dança no Vila. Vindo de Brasília pela Caravana Funarte-Petrobras, o grupo Basirah faz as honras da abertura da série de eventos com seu mais novo espetáculo, De água e sal. Sob direção de Giselle Rodrigues, os bailarinos realizam uma performance que parte de sua subjetividade para explorar as possibilidades de comunicação dos corpos.

Além do público e dos artistas da casa, quem estará por aqui participando deste começo das atividades - e matando as saudades - é o Secretário da Cultura da Bahia, Marcio Meirelles. Como tem feito em eventos ligados às mais diversas linguagens e manifestações culturais, Meirelles marca presença e fica de olho no que vem sendo realizado no campo das artes em Salvador e também no interior do estado.

No domingo, também como parte do Mês da Dança, o Basirah oferece uma oficina gratuita de dança contemporânea. Giselle nos contou que em Curitiba, onde o grupo esteve antes da apresentação em Salvador, a procura pela aula foi muito grande. Aqui não foi diferente! Tendo como público alvo coreógrafos e dançarinos profissionais, a turma já atingiu o total do número de inscritos e conta com uma imensa lista de espera.

Para deixar marcado:

De água e sal (DF)
Direção: Giselle Rodrigues
Elenco: Basirah - Núcleo de dança contemporânea de Brasília
Dias: sexta, sábado e domingo
Horário: 20h
Onde: Palco principal do Teatro Vila Velha
Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)

Um comentário:

  1. Quando se vê em imagens, situações descortinadas de uma realidade cartesiana, o coração pulsa, o sorriso abre e o olho chora!Esta sou eu no espetáculo De água e sal!Não importa o que estava sendo dito naquele instante, a idéia de continuidade como espectadora se deu por intérmédio daqueles corpos experimentos!

    ResponderExcluir